Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Carla Hilário Quevedo, em 06.05.03
Powered by audblogaudblog audio post Esta é uma maneira diferente de dizer: "Olá! Sou a Charlotte."

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:04

...

por Carla Hilário Quevedo, em 06.05.03
A minha querida amiga Vera é bonita e talentosa. What more could one wish for? Ah, que fosse flautista, pois claro!



Quinta-feira, 8 de Maio, Igreja da Encarnação (Largo do Chiado) - 13h30



Vera Morais - Flauta e Edoardo Sbaffi - Violoncelo

Programa: A. Vivaldi, sonata IV em Lá M; J. S. Bach, sonata IV em Dó M; J. S. Bach, sonata V em Mi m; A. Vivaldi, sonata VI em Sol m.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:18

...

por Carla Hilário Quevedo, em 06.05.03
Bem, se até o João Miranda me envia um e-mail a explicar o que é o fora de jogo...



Charlotte



Vou tentar melhorar a definição do fora de jogo: o fora de jogo existe quando, no momento do passe, o jogador que o irá receber se encontra no meio campo do adversário, à frente da linha da bola e adiantado em relação ao penúltimo defesa adversário. Não há fora de jogo quando o passe consiste num lançamento de linha lateral ou quando o passe é feito pelo adversário. Quando dois atacantes estão isolados em frente à baliza, se um deles passar a bola para o outro, é fora de jogo se a bola for passada para a frente mas não é fora de jogo se a bola for passada para trás.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:14

...

por Carla Hilário Quevedo, em 06.05.03
Acorda uma menina de tez pálida pela manhã e é assaltada por mais dois (sim, dois!) magníficos e-mails acerca da bola. São ambos sobre o fora de jogo, o que só reforça a minha teoria de que ninguém sabe do que anda a falar.



Esta primeira mensagem é do André Fontes (obrigada, André pela clareza no discurso).



Cara Charlotte



Deparei-me hoje com a sua dúvida. Permita-me mais alguns esclarecimentos.(Nunca são demais quando se discute esta fascinante matéria.) O fora de jogo, como já aí foi referido, existe quando, no momento do passe, o jogador que o irá receber se encontra adiantado em relação ao penúltimo defesa adversário. O que não foi aí dito é que o fora de jogo nunca pode ser assinalado se o jogador que "recebe o passe" está atrás da linha de meio campo ou quando o passe consiste num "lançamento à mão" (ou lançamento de linha lateral) da bola. :)




A segunda mensagem, que elimina todas as dúvidas, é da autoria da minha querida Ana Albergaria. Enjoy!



Olá, querida Charlotte!



Pois que só agora me dei conta dessa dúvida - fundamental - respeitante ao futebol: o fora de jogo! Tenho andado distraída, e a pensar só no F.C.P. e, confesso, tenho descurado os blogs dos amigos. Essa temática é-me cara, que é. :)



Se quiseres, minha querida, podes dizer à vasta rapaziada que te lê, admira, idolatra etc; que aqui a rapariga Ana lhes explica - e de uma vez por todas - o que é o fora de jogo! ( Não há como uma palavrinha feminina e ajuizada e, vá lá, modesta... para aplacar as dúvidas sobre futebol! :) ) Portanto: isto basicamente tem duas hipóteses; é fora de jogo quando a bola ultrapassa - completamente - uma das linhas do rectângulo de jogo; ou então é fora de

jogo quando o homem do apito, vulgo árbitro, interrompe o jogo e assim o decide.



Sei dizer que, na hipótese dois, há, quiçá, um défice de democracia... que há!, mas é a vida e o que importa é ultrapassar isso, marcar golos e sagrar-se campeão como acontece com o grandioso F.C.Porto! E mais nada!



Ana-dragona-Albergaria :)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:59