Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Carla Hilário Quevedo, em 26.01.04
Horrível a notícia da morte do jogador do Benfica, Miklos Fehér, de 24 anos. Sempre ouvi dizer que quanto mais novo se é, menos hipóteses há de escapar à morte na sequência de uma paragem cardio-respiratória, enfarte do miocardio ou ataque cardíaco. Mas esta explicação foi sempre acompanhada do seguinte argumento: "isto porque há uma doença cardíaca que, habitualmente, não é detectada." Pergunto-me que, se assim é, como é que a doença não se detecta em atletas de alta competição.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:12