Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Carla Hilário Quevedo, em 29.04.04
Eu sabia que isto estava escrito em qualquer lado (8)



"Quando calado, todo o homem inculto é prudentíssimo: ele esconde a palavra como uma doença vergonhosa." Páladas de Alexandria, séculos VI-V, mais coisa menos coisa, Antologia Palatina.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:48

...

por Carla Hilário Quevedo, em 29.04.04
Eu sabia que isto estava escrito em qualquer lado (7)



"É próprio das mulheres desprezar os orgulhosos e troçar das pessoas demasiado choramingas." Agátias, o Escolástico, ca. 536-582 d. C., Antologia Palatina.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:33

...

por Carla Hilário Quevedo, em 29.04.04
Macguffin, o Carlos manda dizer que sempre que queiras ver o wallpaper terás um gin tónico à tua espera.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:01

...

por Carla Hilário Quevedo, em 29.04.04
Expressões e palavras a abandonar (reacções)



- O opiniondesmaker (mais conhecido por bendito menino) quer negociar a ortografia de obsessão e quer passar a escrever "obcessão", como escreve "explendor" e não "esplendor". O Rebelo Gonçalves diz em letrinhas pequeninas no Tratado de Ortografia: "Façam-se excepções de ortografia para o opiniondesmaker, mas se o bendito menino começar a abusar, que lhe sejam cortadas as benesses". Por isso, permission granted. Mas "reinventar" não está permitido! Então o que é isso de inventar outra vez? Tem razão o bendito menino quando diz que "prenda" é por vezes melhor que "presente". "Que rica prenda" ou "saíste-me uma rica prenda" foram frases que muito ouvi na minha adolescência. Autorização especial concedida. Mas veja lá! O abuso de prenda leva é foleirada suprema. Já "como eu costumo dizer" é de uma cretinice nauseadora. Igualmente péssimas são as expressões, "como eu escrevi no artigo tal", "como eu digo", "eu sempre disse", "digo eu" (sugerido pelo Luís), "é o que eu digo" e afins. Crematório com elas!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:28

...

por Carla Hilário Quevedo, em 29.04.04
Conversas deliciosas



Participantes: o meu pai e o meu irmão mais novo (seis anos).



Pai: Tiveste bom menos a Matemática...

André: Pai, eu sei que sei. A sério. Eu merecia mais do que muitos meninos que tiveram melhor nota que eu.

Pai: Tiveste uma nota mais baixa por causa do mau comportamento.

André: Mas contas são contas e portar-se mal é portar-se mal!

Pai: Além disso, o trabalho está cheio de gatafunhos, com uma letra má.

André: A letra é má, mas o que está escrito está certo.



(Como dizem as minhas queridas amigas Ana Carolina e Adriana: "ai, que o menino é sobredotado...")

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:51

...

por Carla Hilário Quevedo, em 29.04.04
Expressões e palavras a abandonar (6)



- O verbo confessar: parece-me curioso que não hesitemos em "confessar" e que tenhamos tantas reservas em "admitir" seja o que for.

- A expressão "não sei": estou a dieta de "não sei". A última vez que disse "não sei" fui obrigada a escrever duzentas vezes no quadro, "o que não sei, aprendo". Um bocadinho wishful thinking, talvez. Mas não será melhor levarmos um bocadinho mais a sério o "não saber"?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:22

...

por Carla Hilário Quevedo, em 29.04.04
Eu sabia que isto estava escrito em qualquer lado (6)



"Odeio tudo o que leva à loucura." Filodemo, século I a. C., Antologia Palatina.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:00