Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Carla Hilário Quevedo, em 29.05.04
Hoje é um dos dias certos para celebrar



Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:15

...

por Carla Hilário Quevedo, em 29.05.04
Pormenores (16)



... gosto tanto, tanto das setas, a apontar ora para o centro ora para fora, no novo vídeo, Trick Me, da voluptuosa Kelis...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:02

...

por Carla Hilário Quevedo, em 29.05.04
Passear pela blogosfera é bom e faz crescer



- O Macguffin lembra o tão saudoso Pastilhas e faz uma lista dos blogues que daí saíram. Quite impressive. São muitos os pastilhadores que se tornaram blogueadores. É muito bonito de ver.

- Neste dia em que o casal luso-argentino faz seis meses de casamento, leio que a Sara, como boa netinha de sua avó, nunca foi contra o casamento mas que é contra o seu próprio casamento. Também achava que era uma boa frase. E depois tive de engolir as minhas palavras. Bem feita!

- O lado feminino deste blogue escreve um post engraçadíssimo sobre a acção medicinal dos livros. Há realmente livros que não se podem ler numa determinada altura da vida. Lembro, por exemplo, o tão falado The Bell Jar, da Sylvia Plath, quando se está a tomar antidepressivos. Há quem insista em dizer que um determinado assunto dá um post. Eu acho que, neste caso, dá uma tese.

- A Sofia, no curtíssimo post intitulado Squash, desvenda um segredo feminino daqueles que se guardam a sete chaves e que passam só na família de geração em geração. Maldita blogosfera!

- O Luís menciona a inutilidade da persistência em se blogar sob o anonimato. Tenho pensado bastante neste assunto. Por vezes, julgo que o anonimato é preferível a assinar disparates ou textos ofensivos como alguns que leio por aí. É a chamada vergonha alheia, embora seja também um disparate que eu a sinta.

- O Acidental contratou mais um reforço. Trata-se do nosso Diogo Belford Henriques do Quinto dos Impérios. Mas como é que é? Acho bem (porque sou rapariga habituada a mudanças) e não acho bem (porque, apesar de tudo, sou conservadora). Resolvam-me lá este problema, rapazes!

- O bendito menino escreve sobre a vitória do Porto num post que termina assim: "Obrigado dragões, por nos terem devolvido a confiança numa tanga vitoriosa, envolvida numa tripa gloriosa". Vale mesmo a pena ler.

- A Malícia viu no meu post a possibilidade de não cumprir a promessa que fez (se o Porto ganhasse a Champions passaria a dizer bem do Bush). Glad I could be of service. Não inventei essa maravilhosa possibilidade de não cumprir promessas. Prefiro sempre não fazê-las. Mas essa de haver outros que as cumprem por nós parece-me fantástico! Uma óptima solução.

- O Dói-me é um dos blogues mais divertidos que apareceram nos últimos tempos. Estimas melhoras na medida do possível.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:10