Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Carla Hilário Quevedo, em 08.10.04
Eu hoje acordei assim...







... com uma vontade de falar da Quinta... Compreendo perfeitamente a Vieira do Mar que pede ajuda para o internamento (desde que tenha paredes almofadadas, por mim, também alinho). Embora a figura de bonzinho do Avelino Ferreira Torres não engane nem o Menino Jesus (que é crédulo). O programa é muito bom. É interessante e a sério que o digo. Parece-me extraordinária a figura do Castelo Branco que aproveita todos os segundos para se exibir. A mudez da Fátima Preto só a beneficia. Pois quem não fala é como quem não percebe nada de nada e mais vale não mostrar. Haja ao menos esse restinho de inteligência. Ou isso ou não terá outra hipótese. O Pedro Camilo, espécie de bombo da festa, é espezinhado por todos. Coisa estranha esse rapazola desconhecido. Mas é bom que não exagerem, se não ainda o tornam a vítima da Quinta e todos sabemos a que é que isso leva...



As personagens masculinas são muitíssimo mais interessantes do que as femininas. Isto se contarmos com o Castelo Branco no primeiro grupo. Sim, o Branco é um rapaz, porque nenhuma mulher, por mais exuberante que seja se comporta daquela maneira. Bem... Mas passo de imediato ao candidato a vencedor do concurso. That's right: Alexandre-Porno-Frota. O rapaz acaba de provar que a pornografia ajuda na formação do carácter. Faz tudo parte de um conjunto de instintos básicos, primitivos, de sobrevivência em sociedade. Por um lado, o carinho que dedica a tantas raparigas que lhe passam pela frente, por outro o amor com que trabalha a terra, trata das vacas, limpa a porca, dá banho ao Castelo Branco. O rapaz é boa pessoa e até ele desanca no Pedro Camilo. O que mais podemos querer?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:27