Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Carla Hilário Quevedo, em 23.11.05
Modo de vida*

"Entre eles encontrava-se Semprónia, que muitas vezes cometera feitos de uma audácia viril. Esta mulher, em linhagem e beleza, e além disso no que toca ao marido e aos filhos, foi bastante afortunada: versada na literatura grega e latina, sabia tocar e dançar com mais perfeição do que convém a uma senhora honesta, e ainda muitas outras artes, que são instrumentos da luxúria. Mas a ela era-lhe sempre tudo mais caro do que o decoro e o pudor: dificilmente se descobriria se se importava menos com o dinheiro ou com a reputação. Tão ardente era a sua sensualidade, que era mais frequente ser ela a solicitar os homens do que eles a ela. Muitas vezes, em tempos anteriores, ela atraiçoara as suas promesas, negara com juramento as suas dívidas, tivera conhecimento de assassínios, se engolfara na luxúria e nas privações. E, contudo, o seu espírito não era destituído de encanto: sabia fazer versos, dizer uma graça, falar ora com recato, ora com lascívia, ora com impudor; numa palavra, havia nela muita sedução e muito fascínio."

Salústio, Catilina XXV. 1-5, in Romana - Antologia de Cultura Latina, organização e tradução de Maria Helena da Rocha Pereira, Lisboa, Edições Asa, 2005, pp. 101-102.

* Dedicado à Simo, a minha romana favorita.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:54

...

por Carla Hilário Quevedo, em 23.11.05
Eu hoje acordei assim..

Image Hosting by PictureTrail.com
Madonna, no Astoria, em Londres

... a celebrar o regresso do maiô de lycra!

Imagem gentilmente enviada por António Pereira.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:46