Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Carla Hilário Quevedo, em 13.02.06
Caracóis, Sandálias e Traições

Image Hosting by PictureTrail.com

Depois das chibatadas, ofegante: "Ela chega ao fim mais cansada do que ele." Átia esteve espantosa neste episódio (tirando aquele pormenor escusado de ter mandado matar Glábio, o marido de Octávia). Piratas ilírios? O delírio de Pompeu, ao saber da proximidade de César, soou um bocadinho a Monty Python. Marco António: "It's a crime if we lose. Not if we win." E confia em Lúcio Voreno. Eu, por acaso, nem por isso. Prefiro Tito Pulo, que tem as mulheres desde Narbo até Tebas a gritar pelo seu nome ("wet as October"?). "Atirem-me ao rio Letes, nem assim olvidarei Tito Pulo ministrando rudimentos de Mentalidade e Anatomia da Fêmea a Lúcio Voreno." Somos duas, Cláudia! Catão disse uma asneira: "Juno's cunt"! O caso não é para menos, tendo em conta que Pompeu se prepara para abandonar Roma. Átia, maravilhosa, no momento de crise. Para Octaviano: "Think, think, think, that's all you do you silly boy." Para Castor: "Castor, be sure you cut Octavia's throat before you cut mine." Depois de a multidão furiosa se retirar, lemos o que está escrito no portão a branco: "Atia fellatia." Diálogo tenso entre Bruto e a mãe, Servilia. Não são maneiras, não senhor! Duas boas palmadas... Afinal, era filho de César ou não? "If the Gods are not respected, then why should they help us?" Boa pergunta, Lúcio Voreno. Entrada de César em Roma: "Glaucus, [play] something more cheerful."

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:51

...

por Carla Hilário Quevedo, em 13.02.06
Eu hoje acordei assim...

Image Hosting by PictureTrail.com
Brigitte Bardot

... não, ainda não decidi se gosto do título Calma, Larry! Uns dias acordo e gosto, noutros acordo e enervo-me, mas às segundas - dia da série - tenho acordado hesitante. É melhor que A Louca Vida de Larry, isso não podemos negar. Talvez seja do ponto de exclamação, porque é sabido que ninguém fica mais calmo com alguém a gritar para que se acalme. Ouço ali um grito, pronto. Mas a minha cabeça já foi melhor, é certo. Ainda assim, nada que se compare à do nosso Ministro dos Negócios Estrangeiros, cuja linha de pensamento se degrada de dia para dia. Campeonato de futebol euro-árabe? E porque não um festival euro-árabe da canção ou uma edição da ModaLisboa em Meca?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:19