Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Carla Hilário Quevedo, em 16.04.06
Howdy, Major Scobie!



Muitos parabéns, querido Nuno, por três anos de sofisticadas traduções simultâneas!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:38

...

por Carla Hilário Quevedo, em 16.04.06
Blockbomba: Flightplan (é incrível que no fim, depois daquele horror todo, ninguém tenha ao menos pedido desculpas a Jodie Foster, coitadinha!); Corpse Bride (outra vez Tim Burton e os amiguinhos do costume, Johnny Depp e Helena Bonham Carter... Pois, são sempre os mesmos a fazer coisas brilhantes); King Kong (temos de ter três pontos importantes em atenção: 1) demora uma hora até que o macaco apareça; 2) a segunda hora é passada na ilha com o macaco e 3) a terceira é passada a tentar matar o macaco; e, no meio disto tudo, o filme é muito bom, surpreendente. Mais duas coisas, pronto: perante a feiura dos nativos, era impossível que o Kong não se apaixonasse pela loirinha maneirinha e percebo perfeitamente que ela estivesse fascinada pelo bicho... Querido, olhem, mesmo muito querido).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:30

...

por Carla Hilário Quevedo, em 16.04.06
Metabloggers do it better (18)

Nos bastidores do bomba inteligente, o Bruno Braz, um jornalista muito simpático da SIC Notícias, perguntou-me como tinha aparecido a rubrica "Eu hoje acordei assim". Fazendo um esforço de memória, passo a contar aquilo de que me lembro. Pus no blogue uma fotografia da Natalie Wood a beber (provavelmente) um dry martini, sob o título de outra série que andava a fazer chamada "Estado em que se encontra este blogue" (e que representava - e representa ainda - o estado em que eu própria me encontrava - e me encontro, na grande maioria das vezes). Nessa noite de copofonia violenta, actualizei o blogue duas vezes num estado etilizado, digamos, mas bem disposto. Dormi pouco nesse dia, mas curiosamente, quando acordei estava fresca que nem uma alfacinha muito verdinha. Já tinha aquela fotografia da Natalie Wood guardada e pensei que seria um seguimento engraçado: ontem estava assim, mas hoje acordei assado, com cara alegre e bem, apesar do desastre de ontem. Ri-me e, no dia seguinte, pensei que seria engraçado continuar a brincadeira associando uma imagem qualquer - quanto mais absurda, melhor - a um pequeno texto sobre a situação estranha na fotografia. E escrevi isto. Mais tarde, comecei a explorar outras coisas absurdas, como a de criar uma espécie de distância entre o texto e a imagem - tentei isso aqui, aqui e aqui por exemplo - e quantas mais ideias tinha, mais insistia na rubrica. O auge foi - para mim - atingido neste post. Quando o Paulo Pinto Mascarenhas me convidou para escrever sobre blogues na Revista Atlântico, sugeri que o título da coluna fosse, "Eu hoje acordei assim". Achei que fazia sentido. Parece-me interessante (para não dizer interessantíssimo) que haja um certo encadeamento nas coisas. Se não fosse a repetição, a insistência, as variações sobre o mesmo tema, as invenções e reinvenções este blogue seria outro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:43

...

por Carla Hilário Quevedo, em 16.04.06
Eu hoje acordei assim...

Image Hosting by PictureTrail.com
Eva Longoria

... primeiro no partido, agora no Parlamento...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:30