Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Carla Hilário Quevedo, em 25.05.06
PETIÇÃO EM FAVOR DAS LÍNGUAS CLÁSSICAS EM PORTUGAL

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:31

...

por Carla Hilário Quevedo, em 25.05.06
Nas bancas

Image Hosting by PictureTrail.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:19

...

por Carla Hilário Quevedo, em 25.05.06
Eu hoje acordei assim...

Image Hosting by PictureTrail.com
Angelina Jolie

... parece que uma das razões do sucesso (ou êxito, para os picuínhas da língua) do Código Da Vinci é o facto de ter capítulos curtos. Bom, há que comunicar com urgência que Machado de Assis, pelo menos nos livros que conheço, Dom Casmurro e Memórias Póstumas de Brás Cubas, escreveu em capítulos curtíssimos. Mas, se é assim, porque é que estou há tanto tempo a ler o Brás Cubas? Aquilo dá-me para chorar. Ainda mais do que o Dom Casmurro, de que gostei tanto. Não gosto especialmente de chorar, mas aquela inevitabilidade das lágrimas a caírem pela cara abaixo a ler os capítulos curtíssimos... O choro discreto acompanha muito bem aquela leitura. Mas o que eu queria dizer era que Séneca fez mal em escrever umas cartas tão longas. Tivessem sido mais curtas e o mundo agora seria melhor. Também Kant não tinha nada de se estender em coisas longuíssimas e complexas. A Critíca da Faculdade do Juízo lia-se muito bem se fosse bem divididinha em capítulos pequeninos. Como explicar o insucesso (ou o fracasso) de Wittgenstein? Aquilo é curtinho, até parecem frases soltas, fáceis de entender, fragmentos e tal. Já Elizabeth Anscombe, a discípula, é uma complicada e toda muito longa e difícil e complexa e cerebral... Tivesse dividido aquilo um bocado e editado. Ontem, no Jornal 2:, Alberta Marques Fernandes, na sequência de uma reportagem sobre Mário Cláudio (valha-me Deus...) despediu-se assim: "Mário Cáudio... Mário Cáuldio..." e sorriu porque não conseguia dizer o nome do homem. Coisas que acontecem. Mas logo depois, o resto da frase: "... um nome incontornável da literatura..."

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:33