Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Carla Hilário Quevedo, em 25.06.06
Etimologia hebdomadária

A palavra para hoje é problema. Como a origem é grega, não há problema nenhum. Assim como a vêem, talvez até pareça bastante antiga. Tem aquele pro- que não deixa grande margem para dúvidas, caso as houvesse. Aquele pro- é velho, mas não só: é mesmo próblima que é antigo como Sófocles (em grego moderno, escreve-se exactamente da mesma maneira, mas pronuncia-se próvlima), mas atenção ao significado. Probállo significa literalmente "pôr à frente", fazendo com que um problema seja qualquer coisa que nos é posta à frente, como uma barreira ou um obstáculo. Perante os problemas, segundo a sua etimologia, resta-nos duas (ou talvez três) alternativas: 1) saltar-lhes por cima; 2) contorná-los; e 3) destruí-los. Mas a coisa é mais complicada quando se introduz a ideia de defesa no problema. Sim, explico: a barreira pode ser contruída como um meio de defesa. O obstáculo pode também formar-se como uma desculpa e tudo isto pode ajudar quem inventa problemas onde não existem, ou cria barreiras para se defender ou imagina obstáculos como desculpas para não fazer outras coisas que teme ou que deseja (às vezes é o mesmo, embora temer o que se deseja não me pareça saudável). Que a palavra problema tenha em si própria qualquer coisa de protecção pode parecer surpreendente. Pelo menos para quem pensava que a etimologia nada tinha que ver com a psicanálise.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:45