Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Carla Hilário Quevedo, em 28.06.06
Dos Antigos: Sócrates nunca conheceu o sabor do tomate. Nem da batata. Levaria o dia a comer azeitonas? A comida mediterrânica devia ser aborrecida.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:38

...

por Carla Hilário Quevedo, em 28.06.06
Bomba de Ouro: "Uma pessoa com disposição pode não ter motivação; uma pessoa altamente motivada pode não ter disposição. Atentem nisto, que foi a coisa mais clarividente que descobri nos últimos tempos." Batukada.

Adenda: quero saber tudinho.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:38

...

por Carla Hilário Quevedo, em 28.06.06
Bill sobre "Eu hoje..." ou "Eu sabia que..."

"I'm gonna ask you some questions, and I want you to tell me the truth. However, therein lies a dilemma. Because when it comes to the subject of me, I believe you are truly and utterly incapable of telling the truth. Especially to me. And least of all, to yourself. And when it comes to the subject of me, I am truly and utterly incapable of believing anything you say. Well, it just so happens, I have a solution."

Kill Bill vol. II, obra-prima de Quentin Tarantino.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:33

...

por Carla Hilário Quevedo, em 28.06.06
Metabloggers do it better (21)

Que se publiquem os manuais de instruções de leitura dos blogues, ou pelo menos, livrinhos de bolso com imagens dos seus bastidores. Compraria, por exemplo, um Abrupto York Notes, um Oxford Companion to Estado Civil e, sem pestanejar, um Cambridge Companion to Bomba Inteligente. Falta pouco para que não se entenda absolutamente nada do que está publicado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:15

...

por Carla Hilário Quevedo, em 28.06.06
The sound of bomba

"I'm not that kind of guy
Sometimes I feel shy"

Nobody Knows Me, Madonna (Live)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:13

...

por Carla Hilário Quevedo, em 28.06.06
Eu hoje acordei assim...

Image Hosting by PictureTrail.com
Catherine Deneuve

... imaginemos que vivemos a olhar para um lado, certos de que é o correcto ou mesmo convencidos de nada; encontramo-nos simplesmente ali a olhar para um ponto qualquer, por uma razão que desconhecemos ou mesmo por nenhuma razão. A vida corre bem, por vezes mesmo acima do que é satisfatório (que não é assim tão mau como pintam), e de repente alguém nos diz: "Porque é que não arrisca?" É verdade que é preciso virar a cabeça e dar (quase literalmente) ouvidos ao conselho, mas agradecer nunca será suficiente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:56