Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Carla Hilário Quevedo, em 15.11.06
Passear pela blogosfera é bom e faz crescer

- Começo por assinalar quatro posts absolutamente extraordinários: um, dois, três e quatro. Viva!
- Depois gostaria de fazer a mesma pergunta a quatro blogues: então? Então? Então? Então?
- Simão dos Reis Agostinho passou-me a seguinte batata quente, que aceito, e assim anuncio as minhas cinco manias principais:

1) sofro claramente de uma blogomania em geral e de uma bombomania em particular;
2) sofro de hiphopomania;
3) sou uma papoutsomaníaca declarada (ou, por via popular, uma sapatomaníaca);
4) julgo que não será surpresa para ninguém se afirmar que sou felinomaníaca e bibliomaníaca;
5) por fim, sofro de uma piromania-compulsiva, que se manifesta em pleno Inverno, altura em que chove, por vezes copiosamente, como aconteceu hoje. Ou seja, trata-se de uma mania que nunca fui capaz de concretizar.

Passo a batata ainda quentinha ao Mário, ao Groucho, à batukada, ao Nuno e ao Rogério Casanova. Se já responderam, pois respondam outra vez. Há sempre uma mania nova à espera de ser revelada.
- De repente, temos um subtil Separados à nascença.
- Estimado Jansenista, não é possível que core ao ver o puppy do Koons! Há ali uma zoofilia que me comove. Eu percebo... ainda por cima tenho um cãozinho igual (uma reprodução do que está no Guggenheim), cuja imagem (sou muito azelha a tirar fotos) passo a mostrar.

Image Hosting by PictureTrail.com

- Ah, Luna... sem dúvida será por feitio (ou por educação) que faço essas coisas que diz que eu faço, mas há um factor que não deve ser despreciado: uma crónica falta de tempo. Simplesmente, não tenho tempo para certas coisas, como bombardeamentos sumários ou tapetes de bombas. Na verdade, a falta de tempo (que implica a ausência de interesse, de curiosidade e de gosto por essas tais "polémicas") é salvífica. Para todos.
- Por fim, celebro a nomeação do bomba inteligente, por participantes do blogue Geração Rasca, para melhor blogue feminino, no concurso para os Melhores Blogues de 2006. Anda uma pessoa a manter um blogue político há quase quatro anos... Enfim, mas não será um bocado cedo para essas coisas? A propósito, só mais uma pergunta:

Image Hosting by PictureTrail.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:33

...

por Carla Hilário Quevedo, em 15.11.06
Coisas que melhoram algumas vidas (54)

"Como é que chegamos até aqui? Sabendo. E como é que sabemos? Aprendendo." Profe de Hebraico.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:20

...

por Carla Hilário Quevedo, em 15.11.06
A selecção de Portugal joga com a do Cazaquistão: hahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha
hahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha
hahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha
hahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha
hahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha
hahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha
hahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha
hahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha
hahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha
hahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha
hahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha
hahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha
hahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha
hahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha
hahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha
hahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha
hahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha
hahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha
hahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha
hahahahaha... ai.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:56

...

por Carla Hilário Quevedo, em 15.11.06
Eu hoje acordei assim...

Image Hosting by PictureTrail.com
Ilona Staller (aka Cicciolina)

... mais uma característica deliciosamente feminina é o exagero. O exagero, o excesso, levar qualquer pormenor ao seu limite, ultrapassá-lo sempre de uma maneira graciosa, tornar absurda uma situação mais ou menos corrente, fazer o culto do ridículo, puxando, puxando de tal forma até conseguir a mais perfeita das liberdades, acedendo de maneira priveligiada à verdade. Sempre que vejo o vídeo da Beyoncé para o tema Deja Vu, penso no que acabei de escrever. Observe-se a super-produção do vídeo: a conjugação irresistível da alta-costura no meio da relva, da água e do pó; corridas, movimentos alongados e quase espreguiçados; a pequena dança encantadora à volta de Jay-Z (que masculinamente parece fazer de conta que a miúda de azul não está ali); o tutu verde e o transe na terra poeirenta; os braços sempre esticados e para cima; o vestido encarnado esvoaçante; em suma, um aparente descontrolo, muito atento ao mais ínfimo pormenor. Mas que não se pense que é artificial, nada disso: há ali uma grande verdade, seja ela qual for.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:57