Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Carla Hilário Quevedo, em 07.12.06
Bom em todas as línguas

Termópilas

Honra àqueles que nas suas vidas
se dedicam às suas Termópilas e as guardam.
Nunca se desviando do dever;
justos e correctos em todos os seus actos,
mas também com pena e compaixão;
destemidos quando ricos e quando
pobres, de novo destemidos,
de novo a ajudar o mais que podem;
sempre dizendo a verdade
mas sem ódio pelos que se desdizem.

E merecem maior honra
quando prevêem (e muitos prevêem)
que Efialtes aparecerá no fim,
e os Medos no final passarão.

Konstandinos Kavafis, 1903, tradução de Carla Hilário Quevedo (2004).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:27