Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Carla Hilário Quevedo, em 31.03.07
Nós por cá todos bem©

Image Hosting by PictureTrail.comImage Hosting by PictureTrail.comImage Hosting by PictureTrail.comImage Hosting by PictureTrail.com

Muitos parabéns aos autores!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:28

...

por Carla Hilário Quevedo, em 31.03.07
Para o Miguel Castelo-Branco

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:15

...

por Carla Hilário Quevedo, em 31.03.07
"Agapi pou 'gines dikopo maxairi..." Melina Merkouri

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:03

...

por Carla Hilário Quevedo, em 31.03.07
Todá rabá!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:52

...

por Carla Hilário Quevedo, em 30.03.07
Eu hoje acordei assim...

Image Hosting by PictureTrail.com
Dita von Teese

... a pensar que as pessoas menos flexíveis nos seus relacionamentos pessoais, ou socialmente antipáticas, são sempre as mais desagradáveis. Viva a arte da experiência que leva ao conhecimento e à libertação! E começou a terceira série de Desperate Housewives - então? logo agora que temos assunto? - mas ainda não vi o primeiro episódio que tenho gravado numa cassete, por sua vez posta em sossego numa prateleira fora do alcance do gato Varandas. Entretanto, nos verbos em hebraico passa-se algo muito peculiar. Além das vozes activa e passiva, existe uma espécie de voz de intensidade: activa intensiva, passiva intensiva e reflexiva intensiva, que resulta em qualquer coisa como "morreu com violência", "foi morto com violência" e "matou-se com violência", respectivamente. Curioso isto de a intensidade com que se pratica uma acção fazer parte da conjugação verbal e não, como conhecemos, de um qualquer advérbio de modo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:11

...

por Carla Hilário Quevedo, em 29.03.07
Sete anos de espera

Se havia dúvidas sobre se a maioria dos comentadores na imprensa portuguesa sabia distinguir entre a televisão e a realidade, elas têm sido progressivamente eliminadas, graças a polémicas ridículas, como as que envolveram o concurso Os Grandes Portugueses ou, mais recentemente, o reality-show, A Bela e o Mestre. A atribuição de intenções obscuras ou de classificações generalistas ao que é apenas aquilo que é - neste caso, dois programas de entretenimento - aflige-me. Se Salazar ganhar Os Grandes Portugueses, lá teremos a brigada do reumático do costume a reclamar da gravidade que tal escolha implica. Mas a vida é mais simples: se o vencedor for Salazar, isso quererá somente dizer que, num total de 100 mil votações, muitas pessoas votaram contra Cunhal, outras fixaram aquele número de telefone ou votaram naquele porque sim. Quanto à Bela e o Mestre, os problemas estão à vista: uns rapazes macilentos têm a oportunidade - única - de partilhar o espaço com raparigas que nunca olhariam para nenhum deles, mas são elas as ridicularizadas por terem abandonado a escola. Ofereço-me para as deixar à porta do Ministério da Educação. Por enquanto, como sou adepta de reality-shows, sigo o programa com entusiasmo. Desde a primeira edição do Big Brother que não aparecia nada tão interessante.

Publicado na Tabu, 24-03-07.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:24

...

por Carla Hilário Quevedo, em 29.03.07
Nas bancas!

Image Hosting by PictureTrail.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:21

...

por Carla Hilário Quevedo, em 29.03.07
Whoa, Nelly Furtado (3)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:20

...

por Carla Hilário Quevedo, em 29.03.07
Whoa, Nelly Furtado (2)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:16

...

por Carla Hilário Quevedo, em 29.03.07
Whoa, Nelly Furtado (1)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:15

Pág. 1/8