Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Carla Hilário Quevedo, em 14.11.07
Martha Wainwright canta Leonard Cohen

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:25

...

por Carla Hilário Quevedo, em 14.11.07
Blockbomba: Zodiac (é oficial: deixei de suportar este género de filmes). Breach (excelente). Fracture (sim, quero dizer, mais ou menos, enfim). Leonard Cohen - I'm Your Man (a prova de que as homenagens devem ser feitas em vida, adorei).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:15

...

por Carla Hilário Quevedo, em 14.11.07
Modo de vida de sempre: "Alguém comete uma falta em relação a mim? É assunto seu." Marco Aurélio, Pensamentos para mim próprio.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:44

...

por Carla Hilário Quevedo, em 14.11.07
Eu hoje acordei assim...


Halle Berry

... eu também tenho uma opinião a respeito das palavras do Rei Juan Carlos a Hugo Chávez. Esteve muitíssimo bem o Digníssimo Rei de Espanha! Bravo, no mueras nunca! Mandou calar e mandou muito bem. Claro que não surtiu efeito nenhum porque Chávez não se cala, mas foi refrescante de ouvir (até porque foi espontâneo e espontaneidade é coisa que já me parece estar em vias de extinção) e animou mais uma daquelas estopadas inúteis de cimeiras de não-sei-o-quê. No entanto, ao contrário do que afirmaram o maradona (adorei a utilização da expressão «observação inteligente», não conheço mais ninguém que tenha a perspicácia do maradona; quero dizer, conheço várias mas não digo) e o Macguffin, não creio que o desempenho de Zapatero no episódio «Por qué no te callas?» tenha sido assim tão medonho. O homem é civilizado, que diabo, é primeiro-ministro de Espanha! Defendeu Aznar, coisa que até lhe deve ter custado um bocado, e tentou explicar o óbvio a Hugo Chávez. Devia ter feito uma peixeirada, é isso? Teria posto esta cimeira ibero-coiso no topo da lista das cimeiras mais exciting de sempre, mas valer-lhe-ia de alguma coisa? E Aznar esteve no poder há quanto tempo? Já passaram uns anos mas Chávez tem atravessada lá qualquer coisa que pensa que Aznar lhe terá feito. Não há razão nenhuma para que pensemos que Hugo Chávez é muito diferente de qualquer criatura que se banha diariamente nas águas do ressentimento (senti agora uma inspiração poética, já passa)...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:02