Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Carla Hilário Quevedo, em 06.12.07
Argumento a favor da recuperação dos duelos

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:59

...

por Carla Hilário Quevedo, em 06.12.07
Eu hoje acordei assim...


Natalie Portman

... ontem estive a ver um bom bocado daquela adaptação do Guerra e Paz que está a ser transmitida pela RTP 1. Dizer que os actores são maus é bondade de qualquer pessoa que diga tal. Aquilo é pior que péssimo! Qual deles o mais canastrão, um desastre. Não é só em Portugal que há daquilo, um pensamento que, apesar de tudo, não me consola. Mas não deixei de ver, cheguei mesmo quase, quase até ao fim, mas acabei por desistir. Houve, no entanto, uma parte que me despertou a atenção. A certa altura há um desafio logo seguido de duelo. Contra todas as previsões, ganha o desafiado, que por sua vez é apresentado na série como uma espécie de boa pessoa num género totó. Gostei do duelo. Curto e frio, dois tiros disparados, boas fardas, estupendos sobretudos e gorros. Uma pena que se tenha perdido essa tradição. Era tudo mais breve e elegante. Uma bela maneira de defender a honra. Ah, mas escapa-me um pormenor importante: hoje em dia ninguém está interessado na honra. Isso é coisa antiga, ultrapassada, coberta de pó. Assim sendo, como poderia haver duelos?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:52