Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Carla Hilário Quevedo, em 08.12.07
Caro João Pinto e Castro: ao contrário do que diz, eu não vi a luz. Até porque não há, neste caso, nenhuma luz a ver, o que facilita. Percebi exactamente o post do Tiago Mendes. E não se pense por um único instante que para isso seja obrigatório ser dotado de uma inteligência superior. Não houve naquelas palavras nada de obscuro nem na sua formulação nada de complicado. O post do doutorando é muito claro. Tanto que o que fica é a seguinte passagem em que se refere ao que, na sua opinião, são as atitudes do visado: "Leram bem: asquerosas. Nojentas, execráveis, mesmo de puxar o vómito." Peço-lhe que acrescente à sua lista mais esta questão pertinente levantada pelo Tiago Mendes. Sempre me pareceu que Oxford era um belo sítio. Mas lá está: Oxford não faz milagres.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:38