Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Adorei, adorei, adorei

por Carla Hilário Quevedo, em 01.07.08

A entrevista de Constança Cunha e Sá a Manuela Ferreira Leite revelou algumas características da candidata social-democrata, a saber: não sendo pedante, tem mau feitio e não tem a mínima paciência para explicações, o que a médio prazo pode não ser positivo. Mas uma certa impaciência quando não há arrogância merece respeito. Ah, e a analogia com os saldos faz com certeza parte do tal modo feminino de fazer política... 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:33

Goldfrapp - Ride A White Horse

por Carla Hilário Quevedo, em 01.07.08

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:21

Rádio Blogue: Penas pesadas

por Carla Hilário Quevedo, em 01.07.08

O Supremo Tribunal de Justiça norte-americano declarou a pena de morte inconstitucional como castigo pelo crime de violação de crianças, bem como nos casos que não resultam na morte da vítima, como, por exemplo, traição e espionagem. A desproporção entre crimes não-homicidas e penas pesadas levou a que o Tribunal defendesse que a diferença entre crimes de homicídio qualificado e crimes não-homicidas perpetrados contra os indivíduos era determinante na aplicação da sentença, mesmo nos mais devastadores, como é o caso da violação de crianças. Não podendo ser quantificado da mesma forma, o resultado teria forçosamente de ser diferente. Deste modo, a aplicabilidade da pena de morte vai sendo restringida cada vez mais nos Estados Unidos, que parecem afinar a pontaria para os casos de morte, precisamente, e que podem custar a vida aos assassinos. Haverá uma maior aproximação à máxima "olho por olho, dente por dente", que não admite a desproporção entre o crime e a pena. Barack Obama, candidato do Partido Democrata acarinhado pela esquerda europeia, discordou da decisão do Supremo Tribunal, tal como John McCain. Uma pessoa que viola uma criança devia ser condenada à morte? Um crime hediondo justifica um castigo irreversível? Há algum crime que legitime a pena de morte?

 

Publicado ontem no Meia-Hora. Deixe a sua opinião através do número 21 351 05 90 ou no Jazza-me Muito. Os comentários que chegarem até quinta-feira, dia 3, às 17h, vão para o ar na Rádio Europa à sexta-feira, às 10h40, e ao domingo, às 14h10.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:48