Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Eu hoje acordei assim...

por Carla Hilário Quevedo, em 12.11.08

Christina Ricci

 

... há pouco uma senhora no Opinião Pública perguntava como pode Victor Constâncio dormir bem. Teve muita graça. Se há pessoa que aposto dorme bem neste país é o Governador do Banco de Portugal. Não tem culpa, nada lhe pesa. Será que Victor Constâncio não existe? Acredito mais nos fenómenos ocorridos em The Lost Room. A Fox no outro dia fez o favor de transmitir a série completa, e daqui um beijinho de agradecimento. É uma série sobre uma colecção de super-objectos cobiçada por um grupo de bons - A Legião -, que pretende reunir os objectos para os destruir, e por um grupo de maus - A Ordem da Cabala -, que acredita que todos aqueles objectos juntos lhes permite o acesso a Deus. Dei por duas situações um pouco equívocas: primeiro, há um baralho de cartas cujos poderes não são bem explicados (problemas de edição?); e, segundo, há uma criança morta cuja memória é recuperada pela ingestão de uma moeda, e que é vista no corredor pelo herói (o Nate de Six Feet Under) sem que se perceba muito bem porquê. O final aborreceu-me de morte porque ficou em aberto. A série data de 2006 e deve ter sido um completo fracasso. Não se fala sequer de uma segunda temporada. Pois a-do-rei. Ficava com o pente. Ou com o bilhete de autocarro. Só para dar com ele na cabeça de Victor Constâncio.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:08