Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O que eu gosto disto ainda não tem explicação

por Carla Hilário Quevedo, em 16.02.09

William Hogarth, The Laughing Audience, 1733

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:53

Eu hoje acordei assim...

por Carla Hilário Quevedo, em 16.02.09

Marilyn Monroe

 

... não não estou no Facebook nem no Twitter. Nem tenho vontade nenhuma de estar. Com o blogue é diferente: vou estando mais ou menos, sempre que tenho algum tempo. O meu entusiasmo é ilimitado embora o problema físico de o dia ter 24 horas se mantenha. E depois, às vezes, apetece-me rever filmes, como O Padrinho, e lá se vão umas horas belíssimas. Para ajudar à festa, o meu namorado ofereceu-me a caixa do Eric Rohmer com os Seis contos morais. Did you say moral? Lá está: vou ter de ver tudo de seguida e já porque é assim que gosto das coisas. Têm de ser agarradas e consumidas logo. O que contraria aquela ideia da Mae West que dizia que tudo o que valia a pena fazer, devia ser feito devagar. Ou seria a Zsa Zsa Gabor? Seja como for, Não sei se concordo com isto. Percebo as implicações mas estou a falar de outra coisa. Ou melhor, até pode demorar na execução, mas a atenção e a intensidade têm de ser grandes. Alterando um bocadinho a ideia de Mae West ou Zsa Zsa Gabor: tudo o que vale a pena fazer, deve ser feito já.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:31