Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Dos Antigos

por Carla Hilário Quevedo, em 19.06.09

Caesar van Everdingen, Still Life with a Bust of Venus, 1665

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:56

Destaque

por Carla Hilário Quevedo, em 19.06.09

A Um Metro do Chão

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:54

Rádio Blogue: Mães adolescentes

por Carla Hilário Quevedo, em 19.06.09

A 26 de Fevereiro de 2007, as assistentes sociais de Cascais levaram o Martim para o Refúgio Aboim Ascensão, em Faro, alegando que a mãe, Ana Rita Leonardo, de 13 anos, não teria condições para cuidar do filho. A criança entrou na instituição com cerca de dois meses de vida a pedido do tribunal. Em Julho de 2007, foi tomada a primeira decisão judicial no sentido de dar a criança para adopção. Na altura, a família recorreu com sucesso. Mas em Dezembro de 2008, na última visita de Ana Rita, a criança terá ficado emocionalmente perturbada e as visitas foram canceladas. Há seis meses que Ana Rita não vê o filho nem tem notícias dele. A 21 de Maio foi informada de que o Martim seria dado para adopção. Ana Rita, agora com 15 anos, suspendeu a greve de fome que iniciara há dias. O caso suscita várias questões e a primeira é saber se uma rapariga de treze anos é capaz de cumprir os seus deveres de mãe. Se no início Ana Rita duvidou, agora parece ter reunido as condições que lhe permitem cuidar do filho. Resta saber se a ordem do tribunal pode ser anulada. Estamos de novo perante um caso em que a celeridade do processo é decisiva. Uma mãe de treze anos é capaz de tomar uma decisão correcta? A justiça portuguesa tem a capacidade para decidir sobre o benefício da criança?

 

Publicado hoje no Meia-hora. Deixe a sua opinião através do número 21 351 05 90 ou no Jazza-me Muito. Os comentários que chegarem até quinta-feira, dia 25, às 15h, vão para o ar na Rádio Europa na sexta, dia 26, às 10h30.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:51