Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O João imagina o Bucéfalo assim

por Carla Hilário Quevedo, em 05.07.09

George Stubbs, Whistlejacket, 1762

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:33

In the Middle Somewhat Elevated*

por Carla Hilário Quevedo, em 05.07.09

 

* é onde estão e sempre estiveram pessoas como Pina Bausch. William Forsythe deu este título à sua espantosa coreografia, aqui interpretada por Sylvie Guillem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:27

Blockbomba

por Carla Hilário Quevedo, em 05.07.09

The Reader (muito triste, Kate Winslet magnífica, e o rapaz foi muito bem seduzido) Happy-Go-Lucky (pois já conheci bem a Poppy e garanto que é cansativo). Valkyrie (uma adaptação ridícula do caso; sobretudo a vingança de Hitler, que foi de uma crueldade abjecta, no filme, até pareceu civilizada). Adam Resurrected (não sei, mas vi até ao fim). The Visitor (muito bom).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:23

Destaques

por Carla Hilário Quevedo, em 05.07.09

A Pipoca Mais Doce Circo da Lama Menina Limão If Charlie Parker Was A Gunslinger, There'd Be A Whole Lot of Dead Copycats A Talking Ape Gravidade Intermédia The Heart Is A Lonely Hunter

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:15

Eu hoje acordei assim...

por Carla Hilário Quevedo, em 05.07.09

Madonna

 

... a pensar que, às vezes, não é sequer desejável conter a ira. Tenho uma opinião não muito desfavorável sobre o assunto, porque a ira já me salvou algumas vezes na vida. Mas há que perceber bem porque é que se explode, em que momento e com quem. Tem de se ter vários aspectos em conta e estar certo de que não se está a cometer uma injustiça (isso é o pior). Digo isto porque tenho vasta experiência no assunto. A ira está muito longe do repetido perder a cabeça. Nunca tive tanta cabeça como quando a perdi. Por isso, para mim, o que vemos por aí são sucedâneos de ira: palermices de corninhos ou mais berro menos berro. Mais falta de educação que ira. Mas calma: explosões só uma vez de dez em dez anos. Nem tenho estrutura física para mais. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:41