Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Eu hoje acordei assim...

por Carla Hilário Quevedo, em 05.08.09

Elizabeth Taylor

 

... não sei se é boa ideia deixar Pedro Passos Coelho de fora. Era mesmo absolutamente necessário? Entre o ostracismo e a manipulação, não seria mais inteligente optar pela segunda hipótese? Depois, apesar de não ser liberal (só um bocadinho, mas muito pouco), julgo que o pedido de desculpa do Público por uma opinião de um seu cronista, além de abrir um precedente grave, é uma completa e absoluta tristeza, além de uma coisa tão pouco digna de um órgão de comunicação social que se pretende livre. Mas para ser livre tem de ter coragem, e a coragem anda muito em falta nos dias que correm. É capaz de ser do tédio ou do medo, não sei. Entretanto, revi no outro dia a Cleopatra com a belíssima Elizabeth Taylor. Que mulher insuportável para uns e estupenda para outros, que, nesta versão cinematográfica, transformou Júlio César num triste gagá e Marco António num banana... 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:46