Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



"I made this for you!"

por Carla Hilário Quevedo, em 27.01.11

Julian Smith: uma bela descoberta nas Cartas do Meu Moinho.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:00

Eu hoje acordei assim...

por Carla Hilário Quevedo, em 27.01.11

 

Julia Stiles (muito bem acompanhada)

 

... esta ideia de 'porem uma coisa na bebida' deve vir de relatos de casos provados em tribunal e transitados em julgado (por causa das tosses), sobre, por exemplo, o Rohypnol, uma droga usada por violadores. Isto é curioso apenas no sentido em que as mulheres toda a vida foram acusadas de envenenar pessoas, independentemente de género e idade. É certo que tivemos Cleópatra e Magda Goebbels, mas, mesmo com estes dois exemplos terríveis, que contaminam todo um género, é falso que o veneno seja do uso exclusivo do sexo feminino. Lembrei-me disto por causa das 'coisas na bebida' que nos apareceram nos últimos tempos nas notícias. Só homens a dizerem ter sido drogados por outros homens. Não sei se estava preparada para isto, sinceramente. Por falar em vítimas, tenho assistido com gosto e apreensão à quinta temporada de Dexter. O tom é lúgubre, talvez finalmente. A presença da vítima salva por Dexter torna tudo mais frágil, sombrio, e mais... provável? Ou então é a voz desconcertante de Julia Stiles. Ou Lumen Ann Pierce. Por pouco não era Lyonce Viiktórya.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:03