Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Il faut profiter...

por Carla Hilário Quevedo, em 26.08.11
... antes que taxem os mergulhos. Eric Zener, The  Passage, 2008.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:48

Eu hoje acordei assim...

por Carla Hilário Quevedo, em 26.08.11

Raquel Welch

Raquel Welch

 

... neste País só se pensa em como criar mais impostos: sobre o trabalho, sobre subsídios de férias, sobre as grandes fortunas. O Eduardo Pitta parece querer muito que se taxe o património dos ricos; nomedamente, 'o dinheiro parado' no banco. Algo me diz, assim de repente, antes de dar mais um mergulho, que este imposto é inconstitucional, como se costuma dizer. Mas, tal como o Eduardo Pitta, estou a falar do que não sei. Penso que a expressão a analisar é impostos retroactivos. É legal taxar o património que já foi sujeito a imposto? Seja como for, se a ideia do governo era fazer com que os cidadãos dessem mais dinheiro ao Estado, então até eu poderia integrar a equipa de Vitor Gaspar. Sou exímia nos mais variados tipos de contas, sobretudo nas de subtrair, embora igualmente, e dadas as condições fundamentais, nas de multiplicar. Só há um pormenor ideológico que me afasta do actual executivo: não sou socialista.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:26