Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Fui criminosa

por Carla Hilário Quevedo, em 12.02.13

Uma lei parisiense nunca aplicada e com duzentos anos foi revogada pelo parlamento francês. As mulheres estavam proibidas de usar calças, a não ser para andar de bicicleta ou a cavalo. E estas duas excepções foram promulgadas no início do século passado. Na anulação ficou clarificado que a lei «era contra os princípios de igualdade entre homens e mulheres que está inscrita na Constituição e nos compromissos europeus franceses». Estou impressionada. Mas porque é que a base para a revogação da lei é a igualdade de género e não a liberdade individual? Deve ser mais fácil justificar politicamente a derrogação da lei em nome da moderna igualdade entre homens e mulheres do que reconhecer um hábito talibã de vigiar os hábitos e os costumes das mulheres. Ainda por cima na mitologicamente devassa Paris. Mas agora está tudo bem. Fico mais descansada por poder andar à vontade de calças em Paris. Não há nada pior do que estar ilegal.

 

Publicado na Tabu, Cinco Sentidos, 8-2-13

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:58

Coisas que melhoram algumas vidas (137)

por Carla Hilário Quevedo, em 12.02.13

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:54