Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Eu hoje acordei assim...

por Carla Hilário Quevedo, em 31.08.13

Valentine Wannop aka Adelaide Clemens

 

... decidi voltar a ver Parade's End antes de emprestar a série a um amigo. Estou a gostar ainda mais do que da primeira vez em que a vi, talvez por estar mais atenta a subtilezas nos diálogos ou talvez porque entretanto vivi e percebo melhor o que vejo. Não é que exista uma relação directa entre estes dois aspectos, pois nem sempre viver corresponde a um melhor entendimento das coisas, mas às vezes acontece. Percebo melhor Miss Wannop, que me parecia um tanto apagada, mas que agora surge como uma feminista com uma sensibilidade fina para os assuntos da beleza. É doce e casta e, apesar da juventude, sólida. O seu activismo é atlético e pretende combater uma questão de absurda injustiça. Valentine apaixona-se pelo "último homem decente em Inglaterra", Christopher Tietjens, casto como ela. Às vezes, há dúvidas por aí sobre o que é um homem. Christopher Tietjens é um homem. E Valentine uma mulher sensível, que tanto corre pelos direitos das mulheres como fica sentada a admirar a beleza de um Velásquez

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:08