Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Em estágio (2)

por Carla Hilário Quevedo, em 11.07.14

 

Neste vídeo, Hitler é informado de que a Holanda perdeu e que não jogará contra a Alemanha na final. Resolvi fazer um mini-glossário para que se entendam as legendas em toda a sua plenitude. Também incluí alguma informação para nabos e nabas, sem cultura futebolística. 

 

Final de 86 no México: a Argentina ganhou à Alemanha por 3 a 2. 

Turcos: são mesmo jogadores turcos na equipa alemã, Khedira, Ozil e outro, e não um termo qualquer ofensivo. 

"Mascherano se golpea el dedo chiquito del pie, y le duele al mueble!": "Mascherano bate com o dedo pequenino do pé e é o móvel que fica magoado" é um exemplo de piada argentina típica que não existe em mais sítio nenhum do mundo. Abençoado povo!

"La heladera se pone las ojotas quando Mascherano va a abrirla descalzo": "O frigorífico calça as havaianas quando Mascherano anda descalço", é outra. 

Enano: anão. Usado para Kun Aguero e também Messi, que por vezes é referido com "la pulga". 

3 a 1 em 2012: resultado de um jogo amigável, em que a Alemanha perdeu.

Codesal: árbitro mexicano no Mundial de Itália, que inventou um penálti que deu a vitória à Alemanha.

"Mascherano te quita lo bailado": "Mascherano tira-te tudo de bom que já viveste."

Chiquito: Romero.

Hinchada: claque de adeptos.

Pipita: Higuaín 

Boaten: Boateng (gracias, Nuno!), um da Alemanha.

Pocho: Lavezzi.

"Tranquila, nos vamos a vivir a Argentina": referência à ida dos nazis para a Argentina depois da Segunda Guerra Mundial. 

Potrero: jogar na rua (onde havia cavalos em Buenos Aires).

"La puta que los re parió": o uso de "re" é uma constante e significa "muito" ou "a dobrar"; por exemplo, "rebueno", "remal", "te requiero". 

 

O glossário nunca teria sido possível sem a colaboração íntima do Carlos Quevedo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:41

Em estágio

por Carla Hilário Quevedo, em 11.07.14

Brasil, decime qué se siente tener en casa a tu papá.

Te juro que aunque pasen los años, nunca nos vamos a olvidar.

Que el Diego te gambeteó, que Cani te vacunó,

Que estás llorando desde Italia hasta hoy.

A Messi lo vas a ver, la Copa nos va a traer,

Maradona es más grande que Pelé.


O cântico dos adeptos argentinos neste Mundial no Brasil a ser interpretado pelo Regimento de Granadeiros a Cavalo (aqui a pé) "General San Martín" durante os festejos do 9 de Julho, dia oficial da independência, na província de Tucumán. A letra é a que vêem em cima. A melodia é a de Bad Rising Moon, dos Creedence Clearwater Revival, que estão orgulhosos da versão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:16