Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Frank Auerbach

por Carla Hilário Quevedo, em 04.11.14

Auerbach

Durante anos, Lucian Freud coleccionou retratos e paisagens de Londres pintados em tela e ainda vários desenhos do seu amigo Frank Auerbach. Trata-se de uma das maiores colecções privadas do género e foi aceite pelo estado inglês em troca do pagamento de impostos de herança dos filhos de Lucian Freud. A colecção encontra-se numa sala da Tate Britain, estranhamente vazia, e logo a um domingo. As paisagens de Londres pintadas por Auerbach, cidade onde vive há 60 anos, em Camden Town, são barulhentas e desagradáveis à vista. Há que insistir ou passar directamente aos retratos de duas mulheres, Estella Olive West (E.O.W.) ou da sua mulher, Julia, que retratou entre 1952 e 1973. Num conjunto de três retratos a carvão, Julia surge a chorar. Não parou de a desenhar enquanto chorava. Tanto no papel como na tela, as duas mulheres parecem estar vivas. Talvez por haver algo muito físico nos retratos. Como se Auerbach estivesse sempre ali a desenhá-las.

 

Publicado na Tabu, Cinco Sentidos, 31-10-14

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:03

'A Carla mi chutou directo pra você'

por Carla Hilário Quevedo, em 04.11.14

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:39