Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Indiscutível

por Carla Hilário Quevedo, em 11.02.15

A Argentina está em choque com o caso do procurador Alberto Nisman, encontrado morto no dia anterior à sua apresentação no Congresso Nacional, onde iria revelar o conluio de membros do governo argentino com as autoridades do Irão. Em 1994, uma bomba explodiu na Associação Mutual Israelita Argentina, matando 85 pessoas e ferindo mais de cem. Foi o ataque terrorista mais mortífero na América do Sul. Nisman tinha provas de uma diplomacia paralela em que os governos argentino e iraniano tinham acordado suspender as acusações aos suspeitos iranianos, membros do Hezbollah, a troco de benefícios contratuais. A hipótese de suicídio não é sustentável pela autópsia nem pelo momento profissional que o procurador estava a viver. O escritor Jorge Asís, antigo embaixador da Argentina em Portugal, disse numa entrevista que “Nisman era um homem de grande refinamento estético. Não imagino que alguém como ele se pudesse suicidar na casa de banho de cuecas”.

 

Publicado na Tabu, Cinco Sentidos, 6-2-15

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:45

Adenda

por Carla Hilário Quevedo, em 11.02.15

Ainda a propósito da morte de Geraldine McEwan, li que a actriz era casada com o actor de teatro Hugh Cruttwell e quando lhe perguntaram como faziam para concliar a vida familiar com a profissional, Cruttwell terá respondido: "Não faço a mínima ideia. A Geraldine tratava de tudo". Um clássico.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:36

Morreu Miss Marple

por Carla Hilário Quevedo, em 11.02.15

mcewan.jpg

Margaret Rutherford, Angela Lansbury ou Joan Hickson são actrizes que representaram o papel de Jane Marple, personagem arguta criada por Agatha Christie. Numa série recente de episódios produzidos pela ITV em 2004 e actualmente em exibição no Fox Crime, Miss Marple é a frágil Geraldine McEwan, que faleceu na semana passada aos 82 anos. Até este momento, a Miss Marple de que mais gostava era a exuberante Margaret Rutherford, porque dava à personagem uma excentricidade e uma energia física que Agatha Christie não tinha previsto. Sem ter deixado de gostar desta Miss Marple, gosto da mais recente, introspectiva, atenta e cerebral, que pensa enquanto faz malha e resolve casos com a certeza de quem sabe o que é - não é por acaso que Miss Marple não é uma jovem. Geraldine McEwan fez uma carreira no teatro, contracenou com Laurence Olivier e ganhou vários prémios de representação. Foi uma Miss Marple delicada e certeira, uma combinação perfeita.

 

Publicado na Tabu, Cinco Sentidos, 6-2-15

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:34

Eu hoje acordei assim...

por Carla Hilário Quevedo, em 11.02.15

The Loren.jpg

Sophia Loren

 

... antes de começar numa onda da Praia do Norte de trabalho, tive uma reunião de amigos que foi em grande parte ocupada a ouvir música em conjunto. Foi nessa noite que descobri que há mais pessoas a decorar as mesmas letras inteiras de canções. Apesar de sermos amigos há uns tempos, foi como se naquela noite nos tivéssemos ficado a conhecer. Temos de repetir. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:03