Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A propósito

por Carla Hilário Quevedo, em 09.03.17

Andava a trautear uma canção já há uns dias e não me lembrava bem do que era. Até que comecei a cantar o refrão enquanto fazia uma pesquisa no YouTube e eureka! A letra de Johnny Mercer é too marvellous for words.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:58

Entretanto, em Tulsa...

por Carla Hilário Quevedo, em 09.03.17

 

... uma rapariga de cinco anos chamada Edith Fuller ganhou uma etapa regional do Spelling Bee, um concurso em que os concorrentes soletram as palavras indicadas pelo júri, e passou para a fase final, que se realizará em Maio, em Washington. A prova durou cinco horas e Edith foi derrotando os seus adversários, todos mais velhos do que ela, até à vitória final, ao soletrar a palavra "jnana" com serenidade. A Slate, que é parva, achou que Edith era "the cutest contestant" e levou logo com a falta de pachorra das redes sociais em cima. Neste caso penso que os comentários até foram brandos. É que Edith Fuller, além de saber umas coisas, também fez um esforço considerável para ganhar. Fez muitas perguntas, todas as que eram permitidas, porque assim repetia a palavra muitas vezes, tentando imaginar como se escrevia. Foi uma mistura de ouvido excelente, método e paciência.  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:45