Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Diário estival (2)

por Carla Hilário Quevedo, em 11.08.17

- Law and Order: Special Victims Unit vai na décima oitava temporada e os casos são cada vez mais ambíguos. Num episódio, uma mulher é enganada por um homem que se diz passar por alguém que a pode ajudar na admissão do filho à faculdade em troca de favores sexuais. A mulher enganada não é inteiramente vítima, mas a unidade de Crimes Violentos, liderada pela filha de Jayne Mansfield, entende que se tratou de uma violação, porque o homem era um impostor. Isto suscita vários problemas, nomeadamente o de sabermos se o Estado deve ou não ser chamado a intervir. Fiquei a ver como resolveriam o problema. O episódio acaba com uma tragédia, uma espécie de deus ex machina com a única função de nos distrair do fracasso dos argumentistas.  

- Gostei de ler esta explicação para o badanal dos últimos dias. Resumindo: vai passar.

- Um funcionário, engenheiro, da Google foi despedido por ter escrito dez páginas - dez! - a dar as "razões" do costume sobre a falta de mulheres na área da engenharia. Eles gostam mais de comboios, elas gostam mais de limpar o pó, logo em empresas como a Google há poucas mulheres. Mas alguém lhe pediu a opinião? Por mim, o problema começa aqui. Foi muito bem despedido. A prova definitiva? Peter Singer apareceu a defendê-lo. 

- Ouvi falar de xenotransplantes pela primeira vez há uns anos. Agora parece que pode ser uma realidade num futuro próximo. Recomendo Okja.  

- E é diferente assistir a Game of Thrones na companhia de Leslie Jones. "They give me Bran face!"

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:35