Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Diário estival (22)

por Carla Hilário Quevedo, em 07.09.17

- Por vezes, coisas que parecem simples são muitíssimo complicadas, como, por exemplo, saber ao certo a data e a freguesia de nascimento de uma pessoa. Se há dúvidas deste género sobre alguém que nasceu no século XX, o melhor é aceitar de uma vez que há aspectos da vida das pessoas em épocas mais antigas que nunca poderemos saber. E estou a falar de factos, não de reacções ou comportamentos, sempre sujeitos à interpretação de biógrafos e historiadores.

- Gostei da praxe solidária na Golegã. Excelente ideia! 

- Sinestesia é diferente de cinestesia. A primeira pode ser divertida, e até há quem veja palavras às cores. Há vários anos, treinei um pouco a segunda nas aulas de dança. O objectivo era desenvolver a percepção do espaço (ir de um ponto ao outro da sala com os olhos fechados, por exemplo) e a coordenação dos movimentos. Mas nos dias em que não há tempo para nada, só gostava de ter poderes de telecinésia

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:28