Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Diário pós-estival (3)

por Carla Hilário Quevedo, em 09.10.17

- É triste que na sucessão no PSD, o partido não apresente nenhuma mulher como possível líder do partido. Continua a ser tudo demasiado masculino e aborrecido. 

- Gostei deste documentário de Michael Moore, em que vai a vários países roubar as melhores ideias para aplicar nos Estados Unidos. Muito engraçada a visita à Islândia, país onde foi eleita presidente uma mulher solteira com uma filha de sete anos. Depois da crise financeira que levou o país à ruína, mais de 70 banqueiros foram julgados, alguns condenados à prisão, e muitas mulheres estiveram na linha da frente da recuperação económica e financeira. Uma mulher, CEO de uma empresa, disse que nunca viveria nos Estados Unidos, porque é uma sociedade demasiado individualizada, em que o bem comum é desprezado. Não sei se terá razão, pois não conheço tão profundamente nem uma realidade nem a outra. É bom não confundirmos "a comunidade", formada por diferentes indivíduos, com "o colectivo". Ou seja, nem tanto ao mar, nem tanto à terra. Em Itália, por exemplo, vive-se bem. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:17