Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Carla Hilário Quevedo, em 24.07.03
Não li o artigo da Clara Ferreira Alves, mas li os posts trocados entre o De Direita e o hARDbLOG. Chegaram-me para perceber a questão: a leitura torna-nos pessoas melhores? Gostei muito da maneira directa como o Manuel desabafou (desabafar de outra maneira é no mínimo estranho) e se defendeu. Diz o Manuel: "A Clara Ferreira Alves lança imenso a ideia de que a salvação está na leitura dos Clássicos". Pois. Essa frase é um clássico. Mas quais são as garantias? Significará isso que se ler a Ilíada me tornarei uma guerreira com um superior sentido de honra? Ou que depois de ler o Ulysses passarei a ter um entendimento perfeito da língua inglesa? E ler a Madame Bovary tornar-me-á uma mulher consciente das consequências nefastas da vaidade feminina? Se ler os contos e as peças do Tchékov vou tornar-me para sempre bondosa?



O problema é que já li estas obras e nada disso aconteceu. Não houve mudanças em mim por as ter lido. Será incompetência minha? É muito provável. Não me prometam mudanças, porque senão vou passar a devolver os livros que compro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:37