Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Carla Hilário Quevedo, em 21.11.07
Eu hoje acordei assim...


Anna Karina (Une femme est une femme)

... entretanto saíram em dvd mais uns quarenta mil filmes de Jean-Luc Godard, coisa que me tem causado muita angústia. Quero ver tudo de uma vez em sessões contínuas sem me levantar, a não ser para mudar o dvd da máquina, mas a vida intromete-se sempre. Assim, vou vendo um filme por semana ou nem isso. Ontem foi a vez de Une femme est une femme. Já tinha visto umas cenas no YouTube, mas isto de ver o filme do príncipio ao fim é outro luxo! Anna Karina - linda, lindíssima, lindérrima! - como se fosse pouco, ainda era uma actriz com graça e talento. Une femme est une femme acaba por contradizer aquela máxima de Molly Bloom de que tanto faz um como outro. Não é bem assim.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:20