Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Rádio Blogue: Suspeita e calúnia

por Carla Hilário Quevedo, em 25.03.08

Os McCann foram indemnizados em 697 mil euros pelo grupo Express, proprietário de títulos como o Daily Star ou o Daily Express, responsável pela publicação de mais de cem artigos difamatórios sobre o casal, sugerindo a sua responsabilidade tanto pela morte de Madeleine McCann como por encobrir o facto. Os jornais publicaram um pedido de desculpas nas respectivas capas no dia seguinte ao acordo, uma manchete por sua vez repetida nas edições de domingo. O valor reverte para o fundo Find Maddie, e o pedido de desculpas público em simultâneo terá sido uma novidade mesmo no Reino Unido, embora não seja a primeira vez que os tablóides ingleses se desculpam publicamente pelos seus erros. A vitória nos tribunais ingleses mostra que a liberdade de expressão naquele país está de boa saúde. Em vez de haver tentativas de limitar a liberdade de imprensa, castigam-se os excessos cometidos. O jogo, embora terrível para os que nele se vejam envolvidos, é limpo. Os montantes elevados das indemnizações obrigam a que os meios de comunicação social pensem duas vezes antes de caluniar. Mas não será esta apenas uma questão de dinheiro? Será a calúnia uma forma de vender que compensa qualquer indemnização aos visados? Os jornais de escândalos são necessários na sociedade?

 

Publicado ontem no Meia-Hora. Deixe os seus comentários através do número 21 351 05 90. A sua voz vai para o ar na Rádio Europa à sexta-feira, às 10h45 e ao domingo, às 14h15. Pode também comentar por escrito no Jazza-me Muito

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:23