Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Bomba de Ouro

por Carla Hilário Quevedo, em 10.04.08

"Eu odeio, odeio gente que comenta "que maldade" sempre que você estiver brincando, falando muito mal de alguém, só por falar muito mal de alguém. Sim, o propósito é ser maldoso, não é como se eu não soubesse que eu estou sendo maldosa - ao contrário, eu estou me esforçando para tal, e por diversão. Não significa nada e as pessoas que praticam a maldade por esporte sabem disso. Que tipo de relacionamento as pessoas teriam se nunca pudessem falar mal de ninguém? Faz bem à saúde e nunca é sério de verdade. Se odeio mesmo alguém, eu não comento. Falar sobre ela seria dar atenção ao objeto de ódio e faz um mal terrível ao estômago. Pessoas que comentam "que maldade" são do tipo que detestam sarcasmo, que não entendem ou percebem quando alguém está sendo irônico, que se sentem culpadas sempre que dão risada de algo muito politicamente incorreto. São pessoas desinteressantes e de capacidade intelectual muito pequena." Ieda, Million Dollar Kiss.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:17