Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Bomba de Ouro

por Carla Hilário Quevedo, em 18.04.08

"Uma democracia, para ser saudável, deve ter líderes fracos e o menos carismáticos possível, porque essa é a melhor forma de criar espaço a que a vida do cidadão comum decorra sem interferências paternalistas, e de evitar que ocorram «derivas» de arrebatamento ideológico ou de liderança «forte», episódios que habitualmente acabam mal. Prestígio, carisma, inteligência, fluência, articulação – isso é crucial para se ser um grande académico, um grande chefe de orquestra, até um grande clérigo ou um grande comerciante. Ora a democracia tem-se sempre encarregado de manter gente como essa afastada daquele exercício rotineiro e primário de administração de interesses clientelares em que a democracia converte – e muito bem – essa actividade que, quando não implica a morte ou o sofrimento alheio, pode designar-se como política no seu sentido mais nobre." O Jansenista, claro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:29