Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Bomba-correio

por Carla Hilário Quevedo, em 21.05.08

A Helena Miranda enviou-me o seguinte comentário: "No Matchpoint, do Woody Allen, tive a sensação de que o fim do filme é muito pesado. É como se Chris Wilton (Jonathan Rhys Meyers), o alpinista social que mata Nola Rice (Scarlett Johanson) e que não é castigado por isso, tivesse perdido para sempre a oportunidade de viver uma vida plena e verdadeira. Reparei também que o fim do filme difere do fim do Crime e Castigo do Dostoievsky. Digo isto, porque a obra é várias vezes referenciada no filme. No livro, Raskolnikov vai preso e, se bem me lembro, a mensagem final é a de que o amor pode redimir, ou uma cena assim." A Helena também leu o Górgias, que eu sei, e fez uma bela observação. Muito obrigada!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:10