Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



'You can’t handle the truth'

por Carla Hilário Quevedo, em 25.11.08

A propósito da recente entrevista de Miguel Esteves Cardoso à Sábado levantou-se uma espécie de tumulto sussurrado repleto de críticas e mau estar. Não sendo advogada de defesa de quem delas não precisa (nem de advogada nem de defesa) devo dizer que o pior da entrevista é o seu melhor: o facto de o autor dizer a verdade. É o pior porque o autor se expõe ao mundo, correndo sérios riscos com essa exposição. Por exemplo, desapontar admiradores fervorosos e fervorosamente moralistas. É também o pior porque no mundo actual parece que só se confia em quem mente. Um paradoxo afinal como tantos outros. Fiquei com a sensação de que dizer a verdade é aceite desde que se repita o que é confortável para os outros. Ou seja, mentir sobre si próprio se calhar não é assim tão mal pensado, dado que poucas pessoas suportam o que de menos adorável há no próximo. Resta saber como este aparente desastre pode ser o melhor. É o melhor na medida em que é uma manifestação de vitalidade, sabedoria – experimentou o que faz falta e o que não faz falta nenhuma – e, sobretudo, de reconciliação com o passado tendo em vista um grande futuro. Até a ser sincero o Miguel é superior.

 

Publicado na Tabu, Cinco Sentidos, 22-11-08.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:07