Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Rádio Blogue: Absentismo na AR

por Carla Hilário Quevedo, em 12.12.08

Na célebre sexta-feira que antecedeu o feriado de 8 de Dezembro, os deputados a caminho do sul ou da neve estavam longe de saber que iam ficar para a história como aqueles que impediram a suspensão do polémico modelo de avaliação dos professores. O projecto teria sido aprovado caso tivessem comparecido à sessão, cumprindo deste modo o seu dever com quem os elegeu. O PSD registou o maior número de deputados faltosos - cerca de trinta -, o que frustra as expectativas dos potenciais eleitores quanto ao desempenho do partido em marcar uma posição veemente contra o governo. O PSD podia ter resolvido o assunto, vencendo uma batalha fulcral numa guerra que não está a ser fácil. Assim, fica a ideia de que há coisas mais importantes para os deputados do que os interesses do país e do partido; e, em última análise, mais até do que o seu próprio interesse profissional. Numa empresa séria, o rol admissível de justificações para estas faltas seria diminuto. Mas a Assembleia não é uma empresa, o que é bom. Infelizmente, cada vez menos parece um sítio sério, o que é mau. No meio de tudo isto, o PS escapou de boa. O que teria acontecido se o projecto de resolução do CDS tivesse sido aprovado? Os ausentes devem ser penalizados e não apenas advertidos? E os líderes parlamentares?

 

Publicado hoje no Meia-hora. Deixe a sua opinião através do número 21 351 05 90 ou no Jazza-me Muito. Os comentários que chegarem até quinta-feira, dia 18, às 15h, vão para o ar na Rádio Europa na sexta, dia 19, às 10h30.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:48