Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Um passo em frente

por Carla Hilário Quevedo, em 23.12.08

 

São já bem conhecidas as imagens do lançamento do sapato a George W. Bush durante a conferência de imprensa em Bagdade. Um repórter iraquiano insultou o ainda Presidente dos Estados Unidos chamando-lhe «cão» e atirando-lhe o par de sapatos. Bush esquivou-se, provando ter excelentes reflexos. Curioso neste acontecimento insólito é o facto de todos os serviços noticiosos terem explicado que atirar os sapatos a outra pessoa é um dos maiores insultos no mundo árabe. Como se fosse preciso ser árabe para perceber que atirar coisas à cabeça alheia não é uma prova de amor. Mais interessante ainda é que atirar um sapato e acertar na cara do desgraçado pode ser considerado uma agressão em qualquer parte do mundo. Muntazer al Zaidi (assim se chama o atirador) é um herói nacional. O canal de televisão onde trabalha exigiu a sua libertação. Todos elogiam a sua coragem. Entretanto, registaram-se incidentes com patrulhas americanas atingidas por sapatos atirados por outros iraquianos indignados. Num país onde abundam bombistas suicidas, o lançamento do sapato representa um passo em frente na relação com os E.U.A. e uma vitória da democracia ocidental.

 

Publicado na Tabu, Cinco Sentidos, 20-12-08.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:41