Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Carla Hilário Quevedo, em 29.06.05
O mais longe possível: Na semana passada, vi Closer. Minto: vi metade. Minto: vi até à cena em que Clive Owen encontra Natalie Portman de peruca cor-de-rosa num bar de strip. Depois, como qualquer pessoa normal, adulta, saudável e com mais que fazer (mesmo que seja olhar para as paredes ou ver o gato a passar), desliguei e dirigi-me ao clube de vídeo para devolver o DVD. Exigi que me devolvessem o dinheiro. Afinal de contas, prometeram-me "uma história de amor para adultos" e fui obrigada a aturar fantasias de adolescentes. Depois de invocar os péssimos diálogos, a foleirada das personagens e a estupidez das situações, deram-me um crédito e mais um carimbo no cartão de fidelidade. Acabei por ser reembolsada e indemnizada.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:50