Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Por falar em lágrimas...

por Carla Hilário Quevedo, em 02.08.11

... e porque fiquei a pensar que cada um é para o que chora, gostaria de mostrar qualquer coisa que me faz chorar. Não tenho nenhuma história a contar: é a própria escolha que é biográfica. É a letra, a voz de Gardel, numa gravação que deve ser da década de trinta. Espero que chorem tanto quanto eu a ouvir Volver, con la frente marchita, las nieves del tiempo platearon mi sien. Sentir, que es un soplo la vida, que veinte años no es nada, que febril la mirada errante en las sombras te busca y te nombra. Vivir, con el alma aferrada a un dulce recuerdo, que lloro otra vez...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:15