Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Era ruiva

por Carla Hilário Quevedo, em 11.10.11

Gustave Courbet, Jo, La Belle Irlandaise, 1865–66

 

Li um artigo magnífico do escritor argentino Mário Goloboff, publicado no jornal Página 12, sobre Gustave Courbet e o célebre A Origem do Mundo. Passei a saber que a modelo do quadro escandaloso, Joana Hifferman, já posara para o não menos maravilhoso Jo, La Belle Irlandaise. Joana era ruiva. Courbet, para proteger o bom nome da modelo ou para não dar pistas confusas – as ruivas foram acusadas de bruxaria pela Inquisição – pintou, sem dúvida, uma morena. Goloboff também conta que A Origem do Mundo foi pintado em 1866 e que, a partir de 1868, ninguém mais soube do seu paradeiro até à segunda década do século passado. Comprado por um barão húngaro, estava em sua casa em Budapeste. Os nazis confiscaram-no, mas não o destruíram. Recuperado depois da guerra, foi vendido em 1955 a um coleccionador francês, que o guardou em sua casa. Tinha um quadro por cima, a ocultar o de Gustave Courbet. Só ele o podia ver. Ninguém sabe se por censura ou pudor. Ou egoísmo. Gosto de pensar que era por amor. O feliz proprietário do quadro era Jacques Lacan. Depois da sua morte, os familiares deram-no ao estado francês para saldar a conta dos direitos sucessórios.

 

Publicado na Tabu, Cinco Sentidos, 7-10-11

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:21