Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Eu hoje acordei assim...

por Carla Hilário Quevedo, em 21.10.11

The Monroe

Marilyn Monroe

 

... a frase destacada pelo João Gonçalves de um livro que não conheço e não gosto de Peter Sloterdijk fez-me pensar na quantidade de literatura feita à base da ideia de que a felicidade não existe ou é uma coisa falsa ou inatingível. Talvez se esteja a cometer o erro de pensar que a felicidade tem que ver com perfeição, mais do que com sorte. Após uma breve observação antropológica, diria que 'as pessoas felizes', apesar dos problemas e das aflições, são equilibradas. É estranha a ideia de felicidade 'apesar de', não é? Se calhar é uma questão de temperamento, ou então a felicidade é mesmo inata. Seja como for, é quase sempre maltratada, em vez de ser deixada estar e, sobretudo, vivida.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:16