Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Carla Hilário Quevedo, em 23.08.04
Epitemias: só me apetece passar o resto do dia a beber dry martinis no bar do Ritz. Rititas, bute?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:47

...

por Carla Hilário Quevedo, em 23.08.04
Bomba de Ouro: 50 Ficcionalidades de Prata, do Luís Carmelo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:40

...

por Carla Hilário Quevedo, em 23.08.04
Mau perder



A leitora Ana enviou-me a seguinte notícia: "Gymnast Khorkina Says 'Judges Robbed Me'". Svetlana Khorkina, vencedora da medalha de prata no concurso de ginástica individual é uma prima donna como qualquer ginasta que se preze. A ginástica de alta competição (e mesmo a de simples exibição) presta-se à formação deste tipo de carácter: espírito aguerrido de competição, grande vaidade, exibicionismo galopante e... mau perder. Se repararem nas caras dos ginastas quando os adversários falham ou têm êxito, perceberão que ali há gente bem cabra. Ontem, Khorkina falhou de forma absurda a final por aparelhos em paralelas assimétricas. Coitadinha bem feita.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:24

...

por Carla Hilário Quevedo, em 22.08.04
A perfeição existe (9)





Espantoso nas fases de qualificação, Francis Obikwelu ganhou a medalha de prata na final dos 100m e é um fortíssimo candidato à vitória nos 200m.



Adenda: leio no lápis de minas que, segundo o Yahoo!, Obikwelu é francês. Totós...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:13

...

por Carla Hilário Quevedo, em 21.08.04
A perfeição existe (8)





Após três vitórias consecutivas nos JO na categoria de halterofilismo, 85 kgs, Pyrros Dimas, da Grécia, terminou a sua exibição com a medalha de bronze. A cerimónia de entrega de medalhas demorou mais cerca de 15 minutos do que o previsto por causa da reacção comovedora do público ao aplaudir efusivamente o seu atleta, agora em final de carreira.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:58

...

por Carla Hilário Quevedo, em 21.08.04
Eros - Nível IV



Oh pé, oh perna, oh coxas, pelas quais com razão me perco,

oh nádegas, oh púbis, oh ancas, oh ombros, oh seios,

oh colo delicado, oh braços, oh olhos que me enlouquecem,

oh andar duma arte consumada, oh beijos incomparáveis

da língua, oh gritinhos que me entontecem!



Filodemo, Antologia Palatina, epigr. 132. Tradução de Albano Martins.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:07

...

por Carla Hilário Quevedo, em 20.08.04
A perfeição existe (7)





Kenenisa Bekele (à frente na foto), da Etiopia, venceu a corrida dos 10 000 metros com um sprint final de deixar qualquer um boquiaberto, incluindo os seus colegas de equipa Sileshi Sihine, que ficou em segundo lugar, e o histórico Haile Gebrelassie, relegado para um esforçado quinto lugar. Depois de cerca de 25 minutos de competição, Bekele fez a última volta em 53.02 segundos. Até me levantei do sofá!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:53

...

por Carla Hilário Quevedo, em 19.08.04
A perfeição existe (6)





A norte-americana Carly Patterson venceu o concurso individual de ginástica dos JO, deixando para trás Svetlana Khorkina (na foto), a veterana russa. Queen Khorkina (que dá ares de Uma Thurman) festejou a sua medalha de prata como se tivesse ganho a de ouro. E com todo o direito, porque é uma ginasta brilhante.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:56

...

por Carla Hilário Quevedo, em 18.08.04
A perfeição existe (5)





O norte-americano Paul Hamm ganhou o concurso individual de ginástica dos JO, deixando os coreanos muito aborrecidos e a ver navios.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:46

...

por Carla Hilário Quevedo, em 18.08.04
Bomba de Ouro: "um post, lá por ser publicado não quer dizer que seja público...", de Diogo Belford Henriques, em NQdI.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:33

...

por Carla Hilário Quevedo, em 18.08.04
Eu? Nã...



My Phase is Nemesis







Which Phase of the Greek Tragic Cycle Are You?




(Via BdE.)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:25

...

por Carla Hilário Quevedo, em 18.08.04
Gulp: Malícia! Vamos as duas. Eu faço de intérprete. Ai...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:38

...

por Carla Hilário Quevedo, em 18.08.04
Já agora (actualizado)





alguém me explica porque é que o vólei de praia é uma modalidade olímpica?



Reacções: o Jorge Palinhos, que aproveito para saudar na sua nova vida na blogosfera, lembra mais uma modalidade olímpica obscura, que consiste em alisar o chão o mais rapidamente possível: o curling. Não se percebe. É que não se percebe.



Ao João parece óbvio que os corpos de biquini das jogadoras de vólei de praia sejam a explicação acertada para a existência dessa modalidade. João, mulher sem cintura não tem, nem terá nunca formosura. Haverá quem fique iludido por rabiosques firmes. Percebo. Mas temos de exigir mais da vida.



O meu querido amigo João Pedro alerta-me, por e-mail, que além de as jogadoras não terem cintura, não têm também (e como se fosse pouco) tornozelos. E assim o vólei de praia passa à categoria de freak show.



O Filipe escreve-me e avança com a seguinte explicação: "É modalidade olimpica porque é giro, está na moda, gera dinheiro e patrocínios." Lá está: o vil metal! Mas quero ver contas, números, relatórios que provem que aquilo (o vólei de praia) é um bom negócio. Talvez.



O António, também por e-mail, diz o seguinte: "Bom... se a água, a relva, os diferentes pavimentos (e.g., tartan) fazem parte dos jogos, porque não meter também a areia? Assim se questionou o COI e então meteram o vólei de praia. Há quem fale em pressões de concessionários de praias, da indústria de extracção de areias. Não sei. Sei que a probidade do COI tanto o abriga das pressões interesseiras como dos desejos acovilhados no inconsciente de cada membro. Prevaleceu uma espécie de racionalidade ecológica, na escolha desta modalidade olímpica." Com que então "racionalidade ecológica"? Nada como uma explicação gira para animar neste dia chuvoso.



O Daniel defende que temos de ser tolerantes com todas as modalidades, mesmo com aquelas que nos parecem coitadinhas: "Eu próprio abomino, por exemplo, o halterofilismo. Acho a ginástica uma seca total. Contudo, devo, dentro do espírito olímpico, negar os meus gostos, respeitar os atletas, ver e tentar compreender a competição... É a minha humilde contribuição para a glorificação de quem trabalhou para, por momentos, estar no pedestal, para receber a coroa de louros (já viu que bela ideia, nestes jogos, tiveram?)" Tem razão. Mas não haverá ninguém que diga "ó Stolichnaya, porque é que não tentas o pentatlo, em vez de estares aí a mexer os dedos atrás das costas?" E a ideia da coroa de louros (ramos de oliveira como recebiam os atletas antigos) é muito bonita.



O Zedtee não tem pachorra para o vólei de praia. My feelings exactly. O bom mesmo é que já acabou. Iupi!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:50

...

por Carla Hilário Quevedo, em 17.08.04
A perfeição existe (4)





A equipa feminina romena ganhou a medalha de ouro em ginástica. Como é possível tanta segurança e tanta concentração?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:40

...

por Carla Hilário Quevedo, em 16.08.04
A perfeição existe (3)





A equipa masculina japonesa de ginástica tirou a medalha de ouro aos americanos com três exibições na barra fixa de "muito difícil execução", segundo ouvi dizer o comentador. Eu vi e, meu Deus, como concordo! É o destaque deste terceiro dia, olarila!



Mas não é o único: a dupla masculina chinesa, Bo Peng e Kenan Wang, falhou horrivelmente o salto que lhe daria acesso à vitória na modalidade de mergulho sincronizado em prancha de três metros. Não sei se Peng se Wang teve aquilo a que o comentador chamou "uma falha no processo mental, que acontece neste tipo de desporto e que é incontrolável, por mais que se treine". Ou seja, perdeu o sentido de orientação no ar. Desisti de ver o resto da final depois da queda desamparada na água (até fiquei mal disposta). Sei que não é um exemplo de perfeição, mas passa a ser: de expectativa de perfeição.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:01