Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Carla Hilário Quevedo, em 13.10.04
Com agradecimentos a Kant e a Anscombe: sou aquilo que acolho e quando não há diferença entre o sujeito e o objecto, quando são ambos uma e a mesma coisa, não há consciência.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:29

...

por Carla Hilário Quevedo, em 11.10.04
Hoje, às 22h30, na 2:







Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:22

...

por Carla Hilário Quevedo, em 10.10.04
O bomba inteligente errou...



... embora não seja responsável pelas declarações feitas na gala do Inimigo Público pelo único membro do Governo presente na sala. O IP não é um reduto bloquista nem o casal luso-argentino era o único representante da civilização. Invocando o direito de resposta que a lei de imprensa não-sei-que-número prevê, o director do Inimigo Público, Luís Pedro Nunes, com argumentos contundentes e indiscutíveis provou que o Bloco de Esquerda está tão representado no Inimigo Público como na Assembleia da República. Quero dizer: uma insignificância. E também ficou esclarecido que a grande maioria dos colaboradores e redactores do IP come com a boca fechada. O bomba inteligente ama a verdade e aceita lições de democracia e de física quântica.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:50

...

por Carla Hilário Quevedo, em 10.10.04
Quem é livre não quer saber de ridículos: pronto. Temos consenso.



Adenda: a confirmação, mais lenha para a fogueira e o também destemido contraditório.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:54

...

por Carla Hilário Quevedo, em 09.10.04
Are you supposed to die when you're forty?*



Querido Nuno, chegou o grande dia. Muitos parabéns! Diz lá qual é o blogue novo!



* Madonna, há imenso tempo numa entrevista.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:33

...

por Carla Hilário Quevedo, em 09.10.04
Conversas deliciosas



(Isto hoje está imparável. Agora vejo na SIC Notícias uma "perseguição" de jornalistas a Marcelo Rebelo de Sousa. A jornalista da SIC é maravilhosa. Daqui um ganda beijinho.)



Jornalista: Mas se sempre comentou tudo porque é que não comenta isto?



(...)



MRS: O silêncio diz muito.

Jornalista: E o esclarecimento também.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:06

...

por Carla Hilário Quevedo, em 09.10.04
Conversas deliciosas



(Frase dirigida ao meu Marido. Não sei o que é que se passa com as pessoas, mas estão brilhantes. Se calhar noto, porque agora saio mais de casa.)



- Toda a gente te acha muita graça, mas eu não te acho graça nenhuma. Pois se tudo o que dizes é verdade?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:49

...

por Carla Hilário Quevedo, em 09.10.04
Have no fear



Leio a seguinte frase de Tchéchov no Seta Despedida: "Only he is an emancipated thinker who is not afraid to write foolish things." E depois leio a frase de Fernando Veríssimo no Azul Cobalto: "Desconfio que a única pessoa livre, realmente livre, completamente livre, é a que não tem medo do ridículo." Mais um escritor a dizer o mesmo e a ser destacado num blogue e temos consenso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:40

...

por Carla Hilário Quevedo, em 09.10.04
Conversas deliciosas



(Ontem, na gala do Inimigo Público, frase proferida ao casal luso-argentino pelo único membro do Governo presente na sala.)



- Afinal, no meio de tantos Bloquistas, há gente civilizada.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:16

...

por Carla Hilário Quevedo, em 08.10.04
Eu hoje acordei assim...







... com uma vontade de falar da Quinta... Compreendo perfeitamente a Vieira do Mar que pede ajuda para o internamento (desde que tenha paredes almofadadas, por mim, também alinho). Embora a figura de bonzinho do Avelino Ferreira Torres não engane nem o Menino Jesus (que é crédulo). O programa é muito bom. É interessante e a sério que o digo. Parece-me extraordinária a figura do Castelo Branco que aproveita todos os segundos para se exibir. A mudez da Fátima Preto só a beneficia. Pois quem não fala é como quem não percebe nada de nada e mais vale não mostrar. Haja ao menos esse restinho de inteligência. Ou isso ou não terá outra hipótese. O Pedro Camilo, espécie de bombo da festa, é espezinhado por todos. Coisa estranha esse rapazola desconhecido. Mas é bom que não exagerem, se não ainda o tornam a vítima da Quinta e todos sabemos a que é que isso leva...



As personagens masculinas são muitíssimo mais interessantes do que as femininas. Isto se contarmos com o Castelo Branco no primeiro grupo. Sim, o Branco é um rapaz, porque nenhuma mulher, por mais exuberante que seja se comporta daquela maneira. Bem... Mas passo de imediato ao candidato a vencedor do concurso. That's right: Alexandre-Porno-Frota. O rapaz acaba de provar que a pornografia ajuda na formação do carácter. Faz tudo parte de um conjunto de instintos básicos, primitivos, de sobrevivência em sociedade. Por um lado, o carinho que dedica a tantas raparigas que lhe passam pela frente, por outro o amor com que trabalha a terra, trata das vacas, limpa a porca, dá banho ao Castelo Branco. O rapaz é boa pessoa e até ele desanca no Pedro Camilo. O que mais podemos querer?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:27

...

por Carla Hilário Quevedo, em 07.10.04
Acidentes de percurso: o preconceito de alguns é o preconceito de muitos e por isso há críticos que julgam que criticam.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:26

...

por Carla Hilário Quevedo, em 07.10.04
Destaque: a ler este post no Impensável e este também.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:37

...

por Carla Hilário Quevedo, em 07.10.04
All I wanna do is have some fun*



Este Governo devia ser proibido de falar. Reunir-se-ia para partilhar experiências de ira, mas tudo em privado. Nada de declarações públicas porque parece óbvio que esta gente não percebe nada de política. Ora políticos que não percebem nada de política são um perigo à solta. A fórmula deverá doravante ser esta: pensar cinco vezes antes de falar e depois no momento imediatamente antes de abrir a boca, pensar mais e calar-se. Assim deverá ficar o Governo até ao fim dos seus dias: o Governo tem o direito de guardar silêncio e tudo o que diga poderá ser utilizado contra ele. Poderá chamar o advogado e, se não tiver dinheiro, o Estado nomeará...



Fala-se da pressão que Marcelo Rebelo de Sousa terá sofrido de Miguel Paes do Amaral. Ora pressão... Estou mesmo a imaginar o diálogo: "Ou paras de atacar o Governo ou demito-te." Acham possível este cenário? Outra possibilidade será a seguinte: "Ó Marcelo, não achas que andas a atacar muito o Governo?" ao que Marcelo terá ripostado um vigoroso "demito-me". O timing é bom, quatro anos e meio de comentários é muito e, se calhar, um regresso ao partido não está posto de parte. Pronto. Cada pessoa tem o seu programa. O que havemos nós de fazer? Mas que ao menos não sejamos levados numa conversa de suposta inocência ou de vitimização.



E o Presidente quem é que há-de receber? Chamar Rui Gomes da Silva não lhe passa pela cabeça, mas chamar Marcelo, sim. Será, pelo menos, mais divertido.



* Sheryl Crow.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:34

...

por Carla Hilário Quevedo, em 07.10.04
Conversas deliciosas



- O bomba inteligente está cada vez melhor.

- Desde que não escrevo tanto então...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:30

...

por Carla Hilário Quevedo, em 07.10.04
Eu sabia que isto estava escrito em qualquer sítio (14)



"(..) se o tempo for infinitamente longo, escrevemos todos a Ilíada em determinada época. (...) É, no fundo, a ideia que possibilidades infinitas estão ligadas a um tempo infinito."



Jorge Luis Borges, in Entrevistas, de Georges Charbonnier.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:11