Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



...

por Carla Hilário Quevedo, em 29.04.05
Estado em que se encontra este blogue

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:42

...

por Carla Hilário Quevedo, em 29.04.05
Bigger, longer and uncut: deixo-vos ainda o resto da letra de You're the Top. Resta ao leitor cantar por cima.

You're the top
You're an arrow collar
You're the top
You're a Coolidge dollar
You're the nimble tread
Of the feet of Fred Astaire
You're an O'Neill drama
You're Whistler's mama
You're camembert

You're a rose
You're Inferno's Dante
You're the nose
On the great Durante
I'm just in a way
As the French would say, "de trop"
But if, baby, I'm the bottom
You're the top

You're the top
You're a dance in Bali
You're the top
You're a hot tamale
You're an angel, you
Simply too, too, too diveen
You're a Boticcelli
You're Keats
You're Shelly
You're Ovaltine!

You're a boom
You're the dam at Boulder
You're the moon
Over Mae West's shoulder
I'm the nominee of the G.O.P.
Or GOP! But if, baby, I'm the bottom
You're the top

You're the top
You're a Waldorf salad
You're the top
You're a Berlin ballad
You're the boats that glide
On the sleepy Zuider Zee
You're an old Dutch master
You're Lady Astor
You're broccoli

You're romance
You're the steppes of Russia
You're the pants, on a Roxy usher
I'm a broken doll, a fol-de-rol, a blop,
But if, baby, I'm the bottom
You're the top!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:59

...

por Carla Hilário Quevedo, em 29.04.05
The sound of bomba: You're the Top talvez seja o único tema de Cole Porter que Ella Fitzgerald canta com alguma alegria. Parece-me que o Night and Day que aqui deixei ontem era demasiado triste. Prefiro a versão de Sinatra.

You're the Top
de Cole Porter

You're the top
You're the Coliseum
You're the top
You're the Louvre Museum
You're a melody from a symphony by Strauss
You're a Bendel bonnet
A Shakespeare's sonnet
You're Mickey Mouse

You're the Nile
You're the Tower of Pisa
You're the smile on the Mona Lisa
I'm a worthless check, a total wreck, a flop
But if, baby, I'm the bottom you're the top!

You're the top
You're Mahatma Gandhi
You're the top
You're Napoleon Brandy
You're the purple light
Of a summer night in Spain
You're the National Gallery
You're Crosby's salary
You're cellophane

You're sublime
You're a turkey dinner
You're the time of a Derby winner
I'm a toy balloon that's fated soon to pop
But if, baby, I'm the bottom
You're the top

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:46

...

por Carla Hilário Quevedo, em 28.04.05
Eu sabia que isto estava escrito em qualquer sítio (20)

"Ninguém pode escrever objectivamente sobre si próprio e isso porque haverá sempre algum motivo que nos leva a fazê-lo. E porque os motivos mudam à medida que escrevemos. E tudo se complica, porque quanto mais 'objectivos' tencionamos ser, mais teremos de dar conta dos motivos variáveis que entram em jogo."

de Conversas com Wittgenstein, O. K. Bouwsma, Lisboa, Relógio d'Água, p. 118.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:34

...

por Carla Hilário Quevedo, em 28.04.05
Verdades absolutas: "O mundo do homem feliz é muito diferente do do infeliz", Ludwig Wittgenstein.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:32

...

por Carla Hilário Quevedo, em 28.04.05
The sound of bomba: mais um dia de sol e mais um Porter-Fitzgerald a acompanhar. Only you beneath the moon or under the sun...

Night and Day
de Cole Porter

Like the beat beat beat of the tom-tom
When the jungle shadows fall
Like the tick tick tock of the stately clock
As it stands against the wall
Like the drip drip drip of the raindrops
When the summer shower is through
So a voice within me keeps repeating you, you, you

Night and day, you are the one
Only you beneath the moon or under the sun
Whether near to me, or far
It's no matter darling where you are
I think of you

Day and night, night and day, why is it so
That this longing for you follows wherever I go
In the roaring traffic's boom
In the silence of my lonely room
I think of you

Day and night, night and day
Under the hide of me
There's an oh such a hungry yearning burning inside of me
And this torment won't be through
Until you let me spend my life making love to you

Day and night, night and day

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:19

...

por Carla Hilário Quevedo, em 27.04.05
É que nem mais

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:46

...

por Carla Hilário Quevedo, em 27.04.05
Bombas de Ouro: para a sequência Quis saber quem sou I, II e III, Luciano Amaral, em O Acidental; e Insónia 1, 2, 3 e E se o sono é muito, Miss Pearls, no Xanel Cinco.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:38

...

por Carla Hilário Quevedo, em 26.04.05
The sound of bomba: continuo com Cole Porter e Ella Fitzgerald. It's deluxe, it's de-lovely!

It's De-Lovely

I feel a sudden urge to sing the kind of ditty that invokes the Spring
So, control your desire to curse while I crucify the verse
This verse I've started seems to me the "Tin Pan-tithesis" of melody
So to spare you all the pain, I'll skip the darn thing and sing the refrain

The night is young, the skies are clear
And if you want to go walkin', dear
It's delightful, it's delicious, it's de-lovely

I understand the reason why
You're sentimental, 'cause so am I
It's delightful, it's delicious, it's de-lovely

You can tell at a glance what a swell night this is for romance
You can hear dear Mother Nature murmuring low "Let yourself go"
So please be sweet, my chickadee
And when I kiss ya, just say to me
"It's delightful, it's delicious, it's delectable, it's delirious,
It's dilemma, it's de-limit, it's deluxe, it's de-lovely"

You can tell at a glance what a swell night this is for romance
You can hear dear Mother Nature murmuring low "Let yourself go"
So please be sweet, my chickadee
And when I kiss ya, just say to me
"It's delightful, it's delicious, it's delectable, it's delirious,
It's dilemma, it's de-limit, it's deluxe, it's de-lovely"

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:37

...

por Carla Hilário Quevedo, em 26.04.05
Eu sabia que isto estava escrito em qualquer sítio (19)

"Há decerto certas coisas que podemos planear fazer. Mas acontecem muitas coisas que não podemos de todo em todo planear. Não são coisas que fazemos. São coisas que nos são feitas ou coisas que acontecem. Talvez possamos planear estar preparados seja para o que for que aconteça, preparados para sermos de ferro, preparados para deixarmos que as coisas aconteçam. É verdade que se atribuírmos grande peso ao que temos a fazer, teremos de viver muito precariamente. (...) Talvez o mais importante seja que, aconteça o que acontecer e tenhamo-lo ou não planeado, não podemos planear as nossas atitudes - esperança, medo, alegria, desespero, etc. E são elas que importam."

de Conversas com Wittgenstein, O. K. Bouwsma, Lisboa, Relógio d'Água, p. 64.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:10

...

por Carla Hilário Quevedo, em 26.04.05
Coisas que melhoram algumas vidas (20)

Visitar a Feira do Livro na Gulbenkian, no edifício sede, todos os dias, durante 15 dias, das 12h às 22h. A partir de hoje.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:49

...

por Carla Hilário Quevedo, em 26.04.05
The sound of bomba: chegou a hora de ouvirmos Ella Fitzgerald. Começo por Let's Do It (Let's Fall In Love), em versão longa.

Let's Do It (Let's Fall In Love)
de Cole Porter
interpretado por Ella Fitzgerald

Birds do it, bees do it
Even educated fleas do it
Let's do it, let's fall in love

In Spain, the best upper sets do it
Lithuanians and Letts do it
Let's do it, let's fall in love

The Dutch in old Amsterdam do it
Not to mention the Fins
Folks in Siam do it
Think of Siamese twins

Some Argentines, without means, do it
People say in Boston even beans do it
Let's do it, let's fall in love

Romantic sponges, they say, do it
Oysters down in oyster bay do it
Let's do it, let's fall in love

Cold Cape Cod clams, 'gainst their wish, do it
Even lazy jellyfish do it
Let's do it, let's fall in love

Electric eels I might add do it
Though it shocks 'em I know
Why ask if shad do it
Waiter bring me"shad roe"

In shallow shoals English soles do it
Goldfish in the privacy of bowls do it
Let's do it, let's fall in love

The chimpanzees in the zoos do it
Some courageous kangaroos do it
Let's do it, let's fall in love

I'm sure giraffes on the sly do it
Heavy hippopotami do it
Let's do it, let's fall in love

The world admits bears in pits do it
Even Pekingeses in the Ritz do it
Let's do it, let's fall in love

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:47

...

por Carla Hilário Quevedo, em 26.04.05
Blockbomba: Bad Santa (Billy Bob, ela não te merecia).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:34

...

por Carla Hilário Quevedo, em 22.04.05
O bomba da minha terra*

O bomba da minha terra
Deixa a gentji moli
Quando si canta
Todo mundo boli

Quem não gosta do bomba
Bom sujeito não é
É ruim da cabeça
Ou doentji do pé

Eu dormi já no bomba
No bomba acordei
E do danado do bomba
Nunca mi separei

* com agradecimentos a Dorival Caymmi e João Gilberto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:54

...

por Carla Hilário Quevedo, em 22.04.05
Apanhada na corrente blogosférica

O JCS, do Lóbi do Chá, enviou-me o seguinte questionário, a que passo a responder.

1- Não podendo sair do Fahrenheit 451, que livro quererias ser?
O Ulysses, de James Joyce e isto porque se pergunta por um "livro". Na verdade, preferia desdobrar-me numa série de volumes, como os da Cambridge Ancient History. E que bem encadernados! Ou mesmo uma colecção inteira. A da Loeb Classics, claro, embora a letra seja mázinha.

2 - Já alguma vez ficaste apanhado por uma personagem de ficção?
Por várias. Ultimamente, pelo Aquiles do Canto I, da Ilíada. "Apanhada" talvez por compreender. Não por relacionar com Brad Pitt, embora a associação seja... (qual é palavra?) perfeita.

3 - Qual foi o último livro que compraste?
Foram três de uma vez: o primeiro volume de As Vidas dos Doze Césares, de Suetónio, das Edições Sílabo, Conversas com Wittgenstein, de O. K. Bouwsma, da Relógio d'Água e À Espera no Centeio, de J. D. Salinger, da Difel.

4 - Qual o último que leste?
Hipólito, de Eurípides. Booooring...

5 - Que livros estás a ler?
O Corpo de Helena, de Paulo José Miranda.

6 - Que 5 livros levarias para uma ilha deserta?
Cinco livros sobre como sair dessa ilha deserta o mais depressa possível.

7 - A que 3 pessoas vais passar este testemunho?
Vou passar à Vieira do Mar, ao Ivan Nunes e ao Chalabi. Bem feita!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:00

Pág. 1/4